Repaginada e com vigor novo para cantar

Cantora se reinventa na turnê de “Tudo se Transformou”, onde ela canta de Carlinhos Brown a Itamar Assumpção

iG Minas Gerais | LUCAS SIMÕES |

Recuperada de problemas de saúde, Zizi Possi canta de Carlinhos Brown a Noel Rosa em seu mais recente show
RONALDO AGUIAR/DIVULGAÇÃO
Recuperada de problemas de saúde, Zizi Possi canta de Carlinhos Brown a Noel Rosa em seu mais recente show

Há três anos, Zizi Possi passou por um sufoco. Além de perdas familiares – o irmão e o pai faleceram – a cantora se viu entre a cruz e a espada na cama de um hospital, por causa de um deslocamento delicado de vértebra que lhe custou quase um ano internada. Completamente recuperada, hoje em dia ela diz que se reinventa a cada show que faz, “para lembrar que está viva e isso é sensacional”, em suas próprias palavras. “Há uma diferença na forma como eu canto, além de hoje em dia eu querer sempre fazer alguma coisa nova em cada lugar”, completa Zizi. O que parece uma vontade adolescente de ganhar o mundo, nada mais é do que o renascimento de uma artista, que apresenta, hoje à noite, no Cine Theatro Brasil, outro olhar sobre si mesma.

Não à toa, o novo show de Zizi Possi carrega no nome um samba assertivo de Paulinho da Viola: “Tudo se Transformou”. Uma tradução literal das mudanças que a cantora viveu. “Eu passei dez meses sem andar, só deitada, cuidando da coluna. Isso me deu outra visão de mundo. Desde quando estreei a turnê, procuro novas possibilidades no palco, interpretações diferentes”, avalia.

Se o álbum “Tudo Se Transformou”, lançado em disco em abril deste ano, deixa a desejar por conter apenas 10 faixas de um registro ao vivo da cantora, no palco Zizi Possi mostra uma interpretação vigorosa e mais extensa, com um repertório de 26 a 28 canções de Carlinhos Brow a Itamar Assumpção. Para uma artista que diz se reinventar desde 2012, quando caiu na estrada com o novo show, nada melhor do que canções nunca gravadas por ela em disco, até “Tudo Se Transformou”.

Uma das pedidas inéditas é “Porta Estandarte”, uma marcha esquecida de Geraldo Vandré em parceria com Fernando Lobo, que ganhou tom melancólico de Carnaval no arranjo para a voz de Zizi. Outra pérola registrada em disco pela primeira vez pela artista é “No Vento”, da gaúcha Necka Ayla, recente parceira da artista. Como um presente da nova fase, Zizi Possi ainda interpreta “Cacos de Amor”, uma balada pop ao estilo Adriana Calcanhotto escrita pela filha Luiza Possi ao lado de Dudu Falcão. “A Luiza me presenteou com essa música enquanto eu estava no hospital. Isso me deu força para o show, para tudo o que é o disco e o que estou vivendo no palco”.

Acompanhada dos músicos Jether Garotti Jr. (piano e clarineta), Rogério Delayon (violão e cordas) e Guello (percussão), Zizi opta por um formato quase acústico, deixando de lado os teclados de Kecco Brandão e a guitarra de Webster Santos, presentes em outros shows da turnê, para encorpar as apresentações.

A intérprete flutua por um repertório de compositores muito distintos, mas que ganham unidade em arranjos simples, que deixam sua voz incomparável voar acima das levadas de violões e solos de sopros, muito explorados no show.

Desde Dominguinhos, em “Contrato de Separação” – canção feita para Nana Caymmi – passando pela parceria pop dos anos 1990 entre Arnaldo Antunes e Carlinhos Brown com o single “Sem Você”, até a emblemática “Filhos de Santa Maria”, parceria de Itamar Assumpção com o poeta Paulo Leminski, Zizi Possi junta as diferenças para se transformar em uma artista com ainda mais viço e personalidade.

Serviço. Zizi Possi apresenta “Tudo se Transformou”, hoje, às 21h,no Cine Theatro Brasil Vallourec (rua Carijós, 258, centro, praça 7). Os ingressos custam R$ 120 (inteira) e R$ 60 (meia- entrada).

“A gente demora a dar valor a certas coisas, pode passar uma vida inteira, aliás, sem dar qualquer valor a coisas simples como andar ou, para mim, ficar de pé. O tempo que fiquei internada serviu para que percebesse isso. Mas, além de tudo, tive a sorte de conseguir buscar um caminho novo. Hoje, sou uma nova cantora”

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave