Comissão protegerá vítimas de desastres

A comissão será responsável por levantar informações sobre as condições dessas pessoas, caso elas fiquem desabrigadas ou desalojadas, bem como elaborar relatórios sobre violações de direitos

iG Minas Gerais | Da redação |

Enchente castigou Guidoval, na Zona da Mata, no ano de 2012
CRISTIANO TRAD / OTEMPO
Enchente castigou Guidoval, na Zona da Mata, no ano de 2012

Crianças, idosos e deficientes atingidos por desastres passarão a ser protegidos por um comissão integral do Estado, exercida pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) e pela Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social (Sedese). O decreto 46.628, assinado pelo governador Alberto Pinto Coelho, foi publicado no “Diário Oficial de Minas Gerais” desta quinta, com o objetivo de cumprir o protocolo nacional de proteção a essas parcelas da sociedade. A nova comissão já começou a realizar reuniões, e as ações junto à população serão iniciadas no próximo mês.

A comissão será responsável por levantar informações sobre as condições dessas pessoas, caso elas fiquem desabrigadas ou desalojadas, bem como elaborar relatórios sobre violações de direitos. Para a Defesa Civil, o grupo ajudará a reunir esforços para a adoção de uma política comum para a assistência antes e após os períodos chuvosos.

De acordo com a Sedese, em um primeiro momento, serão utilizados os diagnósticos já existentes nos municípios que mostram quais as áreas com maior risco de enchentes.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave