Nova York faz testes para o ebola em médico que retornou da África

Autoridades estão rastreando todas as pessoas com quem ele possa ter tido contato nos últimos dias

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Um hospital de Nova York está realizando testes para o ebola em um médico que recentemente retornou de viagem do oeste da África e está com sintomas do vírus, divulgou o Departamento de Saúde da cidade.

Craig Spencer, que trabalhou para a organização humanitária Médicos Sem Fronteiras e mora em Manhattan, apresenta febre e distúrbios gastrointestinais. Ele está sendo tratado no hospital Bellevue. Resultados preliminares devem sair nas próximas 12 horas.

As autoridades estão rastreando todas as pessoas com quem Spencer possa ter tido contato nos últimos dias. Ele foi transportado para o hospital por uma equipe especializada que usava material de proteção.

O ebola já matou cerca de 5.000 pessoas, principalmente na Libéria, Serra Leoa e Guiné. A primeira morte em território americano, em 8 de outubro, foi do liberiano Thomas Eric Duncan, que ficou hospitalizado em Dallas. Duas das enfermeiras que o trataram também ficaram infectadas e estão sob tratamento.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave