CVM abre processo de investigação

A apuração tem caráter preliminar e, caso se identifiquem irregularidades, dará origem a processo administrativo sancionador, que pode resultar em punições para a estatal

iG Minas Gerais |

Rio de Janeiro. A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) abriu um processo administrativo para investigar ações da Petrobras. Uma fonte ligada à estatal informou que o objetivo do processo é tomar ciência das denúncias surgidas com a Operação Lava Jato, da Polícia Federal.  

Na última semana, a Petrobras esclarecera, em resposta a um ofício da CVM que pedia informações sobre os crimes denunciados na Lava Jato, que constituiu comissões internas para averiguar indícios de irregularidades na empresa.

Informações. A apuração tem caráter preliminar e, caso se identifiquem irregularidades, dará origem a processo administrativo sancionador, que pode resultar em punições para a estatal. “A CVM não é a Polícia Federal, ela não tem como objetivo apurar se houve crimes na empresa, mas se as informações prestadas pela companhia em balanços financeiros e comunicados estão corretas”, disse Rogério Freitas, da gestora de recursos Teórica Investimentos.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave