Jogo da Liga Europa é paralisado por briga entre eslovacos e tchecos

Novamente, a rivalidade política foi a motivação do conflito entre torcedores de Slovan Bratislava e Sparta Praga e a polícia precisou intervir para encerrar a pancadaria

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

A partida entre Slovan Bratislava e Sparta Praga, válida pela terceira rodada do Grupo I da Liga Europa, precisou ser paralisada nesta quinta-feira (23) por causa de uma briga entre as torcidas das duas equipes no estádio Pasienky, em Bratislava, capital da Eslováquia. Na confusão, que começou por volta dos 40min do primeiro tempo, os torcedores eslovacos e tchecos, além da troca de agressões físicas, quebraram grades de ferro e cadeiras e arremessaram uns contra os outros. Foi necessária a intervenção da polícia. Novamente, a rivalidade política foi a motivação do conflito nas arquibancadas. Antes pertencentes ao mesmo país, República Tcheca e Eslováquia se tornaram independentes em 1993, separando também suas ligas de futebol desde então. Na semana passada, um incidente diplomático chegou a suspender uma partida na Sérvia. No duelo entre a seleção da casa e a Albânia, pelas Eliminatórias da Eurocopa-2016, um drone com uma bandeira albanesa sobrevoou o campo e foi capturado por jogadores rivais, em partida que terminou em conflito. Depois que o jogo foi reiniciado, os visitantes foram melhores e venceram por 3 a 0, com gols de Lafata, Konate e Krejci, todos no segundo tempo. Com o resultado, o Sparta Praga chegou aos seis pontos, mesma pontuação do líder da chave, o Young Boys, da Suíça, que é melhor no saldo de gols.