Dilma abre vantagem no Datafolha e no Ibope

Presidente entre 53% e 54% das intenções de voto, enquanto Aécio alcança 47% e 46%, respectivamente.

iG Minas Gerais | Da Redação |

Dilma e Aécio apareceram tecnicamente empatados nas pesquisas Ibope e Datafolha
ARQUIVO / O TEMPO
Dilma e Aécio apareceram tecnicamente empatados nas pesquisas Ibope e Datafolha
Pesquisas divulgadas por Ibope e Datafolha nesta quinta-feira (23) apontam a presidente Dilma Rousseff (PT) à frente do senador Aécio Neves (PSDB) foram da margem de erro, pela primeira vez neste segundo turno. De acordo com o Ibope, a vantagem da petista é de oito pontos: 54% a 46%. Já o Datafolha aponta Dilma vencendo por seis pontos nos votos válidos: 53% a 47%. O levantamento do Ibope mostrou a presidente com 54% dos votos válidos, contra 46% de Aécio. Nos votos totais, o placar é de 49% a 41%, com 3% de indecisos e 7% de brancos e nulos. Em relação à pesquisa divulgada na última semana, Dilma ganhou seis pontos, enquanto Aécio perdeu quatro nos votos totais. Indecisos caíram de 5% para 3%. O Ibope, contratado pelo jornal "O Estado de S. Paulo" e pela "TV Globo" ouviu 3.010 eleitores em 203 municípios do país, entre segunda-feira e quarta-feira. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%. A pesquisa está registrada no TSE. O Datafolha é mais novo que o Ibope. Foi feito entre quarta (22) e quinta-feira (23). A pesquisa encomendada pela "TV Globo" e pela "Folha de S. Paulo" ouviu 9.910 pessoas. A margem de erro também é de dois pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%. O levantamento foi registrado no TSE com o protocolo BR-1162/2014 De acordo com os números do instituto, a presidente oscilou um ponto para cima em um dia, alcançando 53% dos válidos. Aécio, por sua vez, perdeu um ponto, indo a 47%. Nos votos totais, Dilma foi a 48%, contra 42% de Aécio. Brancos e nulos são 5% e indecisos também.   Convicção e rejeição O Datafolha mediu também a convicção de voto e a rejeição dos candidatos. De acordo com o instituto, os que dizem que votariam com certeza na presidente são 46%, os que talvez votem nela são 15% e os que não votariam na presidente em nenhuma hipótese somam 37%. Já os que afirmam votar em Aécio com certeza são 39%, os que talvez votem no senador são 18% e os que não votariam em Aécio de forma alguma são 41%. No Ibope, a rejeição de Aécio passou de 35% para 42%, enquanto a da presidente Dilma Rousseff se manteve em 36%.     

Leia tudo sobre: eleiçãoeleiçõesibopedatafolha