Cardozo acha 'natural' a participação de ministros em inaugurações

Nesta quinta-feira (23), o ministro das Cidades, Gilberto Magalhães Occhi, participou de evento em São Gonçalo, município da região metropolitana do Rio

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, classificou como "natural" que representantes de pastas do governo federal participem de inaugurações ou de cerimônias promocionais de programas sociais na semana final da campanha eleitoral.

Nesta quinta-feira (23), o ministro das Cidades, Gilberto Magalhães Occhi, participou de evento em São Gonçalo, município da região metropolitana do Rio, organizado para promover a assinatura do contrato para a construção de 1.240 novas unidades habitacionais do programa Minha Casa, Minha Vida.

"O ministro tem que participar, tem que inaugurar, tem que fazer", disse disse Cardozo, ao comentar a visita de Occhi a São Gonçalo.

Integrante da coordenação da campanha petista, Cardozo juntou-se à equipe que auxilia a presidente na preparação para o debate desta sexta-feira (24) na TV Globo, o último antes da eleição de domingo. Todos estão reunidos no hotel Windsor, na Barra da Tijuca (zona oeste do Rio), onde Dilma ficará hospedada até sábado.

Cardozo salientou que a participação em cerimônias promocionais do governo é proibida apenas aos candidatos. Também rechaçou a associação deste tipo de conduta ao uso da máquina pública. "O governo tem um conjunto de obras que vão ficando prontas. É natural que os ministros que não são candidatos participem de inaugurações. Isso é absolutamente natural num processo administrativo".

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave