Em novo julgamento, Marcelo Moreno volta a ser absolvido pelo STJD

Jogador foi julgado por uma cotovelada que teria acertado no zagueiro Bruno Uvini, do Santos, no primeiro turno do Brasileirão

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Moreno quebrou jejum e voltou a marcar gol pelo Cruzeiro
Alex de Jesus/O Tempo ALEX DE JE
Moreno quebrou jejum e voltou a marcar gol pelo Cruzeiro

O boliviano Marcelo Moreno voltou a ser absolvido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) da acusação de ter acertado uma cotovelada no zagueiro Bruno Uvini, em partida válida pela 15ª rodada do Brasileirão. Em segunda instância, o julgamento ocorreu na manhã desta quinta-feira, no pleno do STJD.

 

A decisão manteve o que foi definido em primeira instância, em setembro. Moreno foi absolvido por maioria de votos. O relator da denúncia e outros três auditores votaram a favor da absolvição, enquanto um voto foi contra, de Miguel Cançado, que pediu a pena de dois jogos de suspensão ao jogador. 

O Cruzeiro venceu a partida por 3 a 0, mas o clube paulista acionou o STJD, entendendo que Marcelo Moreno teria sido imprudente no lance com o zagueiro santista, que levou a pior em uma dividida de cabeça. 

Leia tudo sobre: Marcelo MorenoSTJDjulgamentoabsolvidobolivianoCruzeiroatacantecotovelada