Rio-2016 fecha acordo de patrocínio com empresa de segurança de Israel

A princípio, a intenção do comitê era contratar a ISDS como fornecedora, mas uma reavaliação do orçamento levou a organização a cortar o serviço

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

A Rio-2016 firmou contrato de patrocínio com a empresa de segurança israelense ISDS (International Security and Defense Systems) para fornecimento de softwares de monitoramento e tecnologia nas áreas de integração de dados e comunicação. Em contrapartida, a empresa israelense poderá divulgar sua participação nas Olimpíadas e terá sua marca exposta no site da Rio-2016, na entrada dos estádios olímpicos e nas salas de imprensa. A Rio-2016 não forneceu o valor exato do contrato, mas afirmou ser inferior a R$ 20 milhões. A princípio, a Rio-2016 pretendia contratar a ISDS como fornecedora, mas uma reavaliação do orçamento levou a organização a cortar esse serviço, que é complementar ao equipamento de segurança dos Jogos. Segundo a Rio 2016, a empresa israelense então ofereceu patrocínio no mesmo valor. O orçamento total do comitê organizador da Rio-2016 é de R$ 7 bilhões; o órgão não informou seu orçamento para a segurança. A ISDS é uma empresa de segurança que atua em diversas áreas, entre elas a segurança de megaeventos. Foi fornecedora das Copas do Mundo do México (1986) e da Itália (1990) e das Olimpíadas de Sidney (2000), Atenas (2004), Beijing (2008) e Barcelona (1992), além dos jogos Pan-americanos do Rio (2007).

Leia tudo sobre: rio-2016fechaacordoempresasegurançaisraelensejogosolimpicosparalimpicos