Os fantasmas de Guilherme

Médicos do Galo confirmam a 14ª contusão desde que o camisa 17 chegou ao clube em 2011

iG Minas Gerais | Thiago Prata |

Tecnicamente, ninguém discute a qualidade do meia-atacante Guilherme. Mas o destino parece conspirar contra o avante. Sempre que ele está por cima, criando jogadas de efeito, colocando os colegas do time na cara do gol, como num passo de mágica, e fazendo gols importantes, surge uma lesão para frear todo o ímpeto do jogador. E não foram uma ou duas que atrapalharam sua trajetória no Galo. Já são 14 em cerca de três anos e meio.

Até o momento, são 43 meses de carreira dentro do Atlético, o que significa que Guilherme sofre uma lesão a cada três meses, aproximadamente. A mais recente se deu nessa terça-feira, no empate em 1 a 1 com o Bahia. Aos 12 min do primeiro tempo, o atleta deixou o campo da Arena Fonte Nova alegando dor na coxa direita. Ontem, o departamento médico do clube anunciou que trata-se de outro estiramento muscular.

O próprio jogador está pessimista quanto à gravidade da lesão. É dada como certa a ausência dele nas partidas deste sábado, diante do Sport, às 18h30, no Independência, pela 31ª rodada do Brasileiro, e da próxima quarta-feira, contra o Flamengo, pela Copa do Brasil.

À Massa, fica a esperança de que o atleta se recupere ainda na reta final desta temporada. É o que também esperam o técnico Levir Culpi e os colegas.

“É um jogador que gosto muito de ver jogando, pela movimentação, visão de jogo, categoria, classe para tocar. Vai fazer falta, mas a vida é assim. A gente torce para que não seja nada grave”, resumiu o treinador alvinegro.

A nova lesão chega num momento-chave na trajetória de Guilherme no Atlético. O contrato do atleta com o clube se encerra em 25 de março de 2015, e a renovação ainda não ocorreu. O avante já manifestou seu desejo de ficar, mas deixa a decisão nas mãos da diretoria. O jogador é pretendido por outras equipes do Brasil, como o Corinthians.

Lista de problemas. Além de Guilherme, outros três atletas alvinegros desfalcam o Galo neste sábado, no Horto. O meia-atacante Luan e o zagueiro Edcarlos estão suspensos pelo terceiro cartão amarelo. O avante Diego Tardelli também fica fora, por ter sido expulso no fim do empate ante o Bahia.

Por outro lado, o Atlético pode ter a volta de Leonardo Silva, em fase final de recuperação de uma lesão muscular na coxa direita. Existe a expectativa de que o beque volte a participar dos treinamentos na tarde de hoje, na reapresentação do time na Cidade do Galo.

(Colaboraram Felipe Ribeiro e Josias Pereira)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave