Polícia Civil incinera 4.278 quilos de drogas na região metropolitana

Entorpecentes são frutos de apreensões realizadas desde janeiro de 2013 a janeiro de 2014, segundo corporação

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Um total de 4.278 quilos de drogas foram incineradas pela Polícia Civil nessa terça-feira (21). O procedimento foi realizado por meio do Departamento de Investigação Antidrogas em um alto-forno de uma siderúrgica da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH).

Conforme informações da Polícia Civil, foram incineradas aproximadamente 3,6 toneladas de maconha, 568 quilos de cocaína, além de outras drogas e insumos utilizados para o refino de drogas. O montante é fruto de apreensões feitas desde o final de 2013 até o início deste ano. A destruição dos entorpecentes não foi anunciada previamente, por questões de segurança.

Ainda de acordo com a corporação a incineração cumpriu todos os protocolos legais, contando com a presença do Ministério Público e da Vigilância Sanitária, conforme prevê a legislação em vigor.

A maior parte dos entorpecentes foi apreendida na capital, mais incluiu ainda drogas que foram retiradas de circulação em operações ocorridas em algumas cidades da RMBH. O transporte do material demandou o uso de um caminhão baú da corporação. O veículo ficou quase lotado e saiu de Belo Horizonte sob forte escolta policial até chegar à siderúrgica, cujo nome não será revelado. A operação durou aproximadamente quatro horas.

Entre as drogas incineradas estava a carga de mais de duas toneladas e meia de maconha que foi apreendida pelo Departamento de Investigação Antidrogas em duas operações realizadas em 2013 e resultaram na prisão de duas quadrilhas. Segundo o delegado Márcio Lobato, chefe do Departamento de Investigação Antidrogas, as grandes apreensões são importantes por descapitalizar as quadrilhas de traficantes e evitar o cometimento de diversas outras infrações penais.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave