Produção agropecuária cresce 1% em setembro e chega a R$ 438 bilhões

Dos R$ 438 bilhões relativos a 2014, R$282 bilhões têm como origem as lavouras, o que representa aumento de 0,3% na mesma base de comparação

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Escassez de crédito reduzirá safra de grãos, que será de 10 mi/ton este ano
Charlie Neibergall/associated press
Escassez de crédito reduzirá safra de grãos, que será de 10 mi/ton este ano

Usado como estimativa sobre geração de renda no meio rural, o Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) de 2014 deve ficar em R$ 438 bilhões, segundo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. O resultado é 1% maior que o registrado no mesmo mês, em 2013 (R$ 433,54 bilhões) e tem por base informações de setembro. O VBP é calculado com base no volume da produção e nos preços médios praticados no mercado.

Dos R$ 438 bilhões relativos a 2014, R$282 bilhões têm como origem as lavouras, o que representa aumento de 0,3% na mesma base de comparação. A pecuária somou R$ 155 bilhões - aumento de 2,5% na comparação com setembro de 2013.

Os produtos da lavoura que apresentaram melhor desempenho foram: algodão, aumento de 51,9%; cacau (26,2%); laranja (25,9 %); pimenta do reino (25,4%); trigo (14,6%); banana (13,9%); café (13,6%); batata inglesa (11,1%); maçã (9,4 %) e soja (4,1%). Já o destaque na pecuária ficou com a carne bovina, que somou 19,3% mais que no mesmo período do ano anterior. A carne suína registrou crescimento de 11,6%.

As regiões Centro-Oeste e a Sudeste lideram tanto a produção de grãos como a de carnes no país, com VBPs totalizados em R$ 109,53 bilhões e R$ 107,8 bilhões, respectivamente. Isso corresponde a 49,6% de todo o valor da produção agropecuária. Já o VBP da Região Sul ficou em R$ 107,6 bilhões; o do Nordeste, R$ 40,43 bilhões; e o da Região Norte, R$ 17,83 bilhões.

O Valor Bruto da Produção Agropecuária mostra a evolução do desempenho das lavouras e da pecuária ao longo do ano e corresponde ao faturamento bruto dentro do estabelecimento. Ele é calculado com base na produção da safra agrícola e da pecuária, e nos preços recebidos pelos produtores nas principais praças do país, abrangendo os principais produtos agropecuários do país.

O valor real da produção, descontada a inflação, é obtido pelo Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI), da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave