Campanha põe crianças em vídeo para discutir machismo social

A campanha também busca divulgação paras as camisetas do site, que - segundo o FCKH8.com - terão parte da renda revertida para entidades feministas

iG Minas Gerais |

Meninas entre seis e 13 anos falam palavrões em vídeo.
REPRODUÇÃO / FCKH8.com
Meninas entre seis e 13 anos falam palavrões em vídeo.

Uma campanha contra o sexismo está causando polêmica desde esta terça-feira (21) na internet. Criada pelo site FCKH8.com, as peças do projeto têm estimulado inúmeras discussões no Facebook.

E por que o problema? O vídeo, produzido pelo diretor Mike Kon, faz questionamentos sobre o tema a partir da comparação: o que é mais ofensivo: uma criança fazendo xingamentos ou o machismo imposto pela sociedade? Nos filmes, meninas com idades entre seis e 13 anos falam palavrões e fazem gestos obscenos com as mãos.

Nas gravações, as meninas citam pesquisas, como a que diz que uma em cada cinco mulheres são estupradas ou agredidas sexualmente e a que afirma que o público feminino recebe, no mercado de trabalho, salário 23% menor do que os homens para exercício da mesma função.

A campanha também busca divulgação paras as camisetas do site, que - segundo o FCKH8.com - terão parte da renda revertida para entidades feministas.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave