Moradores de Juatuba fecham BR-262 em protesto

Eles reivindicam a construção de uma passarela para pedestres no local, rede de água e luz no bairro Samambaia e ônibus a estação Eldorado

iG Minas Gerais | JULIANA BAETA |

Quase 100 moradoras do bairro Samambaia, em Juatuba, na região Central de Minas, fecham a BR-262 na manhã desta quarta-feira (22), na altura do quilômetro 363 do sentido Belo Horizonte. Entre outros pleitos, eles reivindicam a construção de uma passarela para pedestres na via.

De acordo com um dos manifestantes, além da falta de uma passarela para dar segurança aos moradores, o bairro também sofre com falta de infraestrutura. "Não tem luz nos perímetros urbanos, os pontos de ônibus são um terror. Tem assalto direto e os motoristas dos ônibus nem param mais nos pontos com medo", disse.

Além disso, a comunidade só conta com rede de água e de luz improvisada, e as ruas da cidade são, sequer, asfaltadas, de acordo com os manifestantes. "Também estamos reivindicando ônibus na região, ônibus indo pra Betim e o ônibus que vai na estação de metrô Eldorado, porque o ônibus que atende aqui, que é o de Mateus Leme, a gente tem que pagar R$ 6,45. É muito dinheiro. Precisamos de um ônibus que vai na estação Eldorado, que é só cerca de 30 quilômetros de distância daqui, aí fica mais viável o transporte pros moradores aqui", contou.

Os manifestantes fecham a via queimando pneus e se posicionando com faixas de protesto. A Polícia Rodoviária Federal acompanha a manifestação. O trânsito é lento na rodovia.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave