Criminosos incendeiam ônibus em Santa Catarina

Dois homens armados mandaram o motorista e o cobrador desembarcarem do ônibus; em seguida, jogaram combustível e atearam fogo no coletivo; eles fugiram a pé

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Um ônibus ficou destruído após ser incendiado por dois homens no bairro Saco Grande, em Florianópolis, por volta das 20h30 de terça-feira (21). Não houve feridos e nenhum suspeito preso.

Dois homens armados mandaram o motorista e o cobrador desembarcarem do ônibus na rua Pedra de Listra. Em seguida, jogaram combustível e atearam fogo no coletivo. Eles fugiram a pé.

A Polícia Militar não confirma se o ataque ao coletivo tem alguma relação com a onda de atentados no Estado. A PM suspeita que o ataque foi motivado por uma apreensão de 300 kg de drogas e a morte de um suspeito em confronto com a polícia na região, na última sexta-feira (17).

Desde o dia 26 de setembro, os órgãos de segurança catarinenses registraram 110 ocorrências relacionadas à onda de crimes, cuja suspeita é a de que as ordens tenham partido de dentro de presídios do Estado.

Os ataques tiveram como alvo ônibus, instalações públicas, casas e carros de policiais, entre outros.

Ao todo, 72 pessoas foram presas por suspeita de envolvimento nos ataques e 23 menores foram apreendidos. Para tentar conter os atos de violência, homens da Força Nacional de Segurança estão em Santa Catarina desde o dia 8 em apoio às ações da Polícia Rodoviária Federal de patrulhamento das estradas federais.

Leia tudo sobre: ônibusIncêndioSanta CatarinaBrasilCriminososVandalismoViolênciaataques