Robinho é suspeito de estuprar jovem em Milão, diz jornal italiano

Ministério Público italiano estaria investigando o caso e pediu a prisão preventiva do atacante, que foi negada pela Justiça local

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Robinho deve voltar ao Santos para fazer sua terceira passagem pelo clube do coração
DIVULGAÇÃO/UEFA
Robinho deve voltar ao Santos para fazer sua terceira passagem pelo clube do coração

Craque do Santos, o atacante Robinho está sendo acusado de um estupro de uma jovem brasileira de 18 anos, na época em que ele jogava no Milan e morava em Milão. De acordo com o jornal  italiano Corriere della Sera, o crime teria acontecido em janeiro de 2013 e a brasileira procurou a polícia para denunciar o ato, apenas seis meses depois do ocorrido.

Segundo o jornal italiano, o Ministério Público da Itália fez um pedido de prisão preventiva do jogador. Mas a juíza Alessandra Simon concedeu a Robinho o direito de responder às acusações em liberdade, já que o atacante não possui antecedentes criminais, o que segundo ela, não atrapalharia nas investigações. Além disso, o jogador retornou ao Brasil em 2014 o que impediu a sua prisão.

De acordo com a publicação da Itália,  o atacante conheceu a jovem em um restaurante, quando jantava com a esposa e os amigos. Robinho teria deixado a mulher em casa e logo em seguida retornado ao local com os colegas. O encontro com a brasileira de 18 anos teria gerado um estupro coletivo.

Esta não é a primeira vez que o nome de Robinho está atrelado a uma acusação de violência sexual. Em 2009, quando vestia a camisa do Manchester City, o atacante foi acusado de estuprar uma mulher dentro de uma casa noturna em Leeds, na Inglaterra. Robinho negou as acusações e foi absolvido pela Justiça inglesa.  

Leia tudo sobre: robinhosantosmilanitaliaacusaçaoestuproministerio publicojustiça