S&P não quer reduzir rating do Brasil

“O Brasil voltou a ser BBB- devido à incapacidade de fazer ajuste necessário na parte fiscal”, destacou Regina

iG Minas Gerais |

São Paulo. A presidente para o Cone Sul da Standard and Poor’s, Regina Nunes, ressaltou que na S&P “não temos perspectiva de nada que seja negativo ou downgrade para o Brasil”. Ela fez um comentário logo depois de ouvir uma pergunta sobre se o país poderia perder o grau de investimento caso persista em 2015 com a atual política fiscal.  

“O Brasil voltou a ser BBB- devido à incapacidade de fazer ajuste necessário na parte fiscal”, destacou Regina. “Mas houve uma tentativa de melhora neste ano eleitoral”. Na avaliação dela, a retomada mais vigorosa dos investimentos de longo prazo poderá ocorrer.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave