Policiais Federais fazem manifestação e iniciam greve

Agentes, escrivães, papiloscopistas e peritos reclamam da falta de prestígio, dos salários congelados há seis anos, e do descumprimento do acordo firmado em 2012

iG Minas Gerais | Da Redação |

Hoje, por volta das 17h, cerca de 70 policiais federais de Belo Horizonte, fizeram uma manifestação em frente a sede da Superintendência da Polícia Federal em Minas Gerais, no bairro Gutierrez, região Centro-Sul da capital.

De acordo com o Sindicato dos Policiais Federais no Estado de Minas Gerais (Sinpef-MG), participaram do movimento agentes, escrivães, papiloscopistas e peritos. Eles reclamam da falta de prestígio, dos salários congelados há seis anos, e do descumprimento, por parte do governo, do termo de acordo que finalizou a última greve da categoria, em 2012. A manifestação durou até às 19h.

Segundo a categoria, além das insatisfações citadas, o principal motivo para o início da greve foi a Medida Provisória (MP) 657, que propõe restringir as chefias e o conceito de autoridade policial somente para o cargo de delegado. Para o sindicato, a medida cria uma hierarquia política nunca existente na PF, e retira a autoridade e autonomia técnica dos demais policiais envolvidos nas investigações.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave