TSE suspende propagandas em que Dilma faz elogios a Aécio

Segundo o ministro Tarcísio Vieira, dada a nova jurisprudência do TSE que determina que o espaço na rádio e TV seja utilizado de forma propositiva, a inserção estaria em desacordo com a norma

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Os ministros Tarcisio Vieira e Admar Gonzaga, do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), suspenderam nesta terça-feira (21) inserções do candidato à Presidência Aécio Neves (PSDB) que veiculavam elogios da presidente Dilma Rousseff ao tucano.

Nos comerciais, que passaram no rádio e na televisão, a petista diz que Aécio é "um dos melhores governadores do país" e que ele tem uma "forma de fazer política (...) exemplar". As declarações foram dadas à rádio Itatiaia, de Belo Horizonte, em 2009. Na época, ela era ministra da Casa Civil do ex-presidente Lula.

Segundo o ministro Tarcísio Vieira, dada a nova jurisprudência do TSE que determina que o espaço na rádio e TV seja utilizado de forma propositiva, a inserção estaria em desacordo com a norma.

"A maioria que se formou deixou claro (...) que o horário eleitoral foi concebido pelo legislador e é regiamente pago com o esforço do contribuinte (nada tem de gratuito, a não ser para o candidato!), não para ser um locus de ataques e ofensas recíprocas, de índole pessoal, mas sim para a divulgação e discussão de ideias e de planos políticos, lastreados no interesse público e balizados pela ética, pelo decoro e pela urbanidade", escreveu Vieira.

No último dia 16, a Corte passou a adotar critério mais rígido para suspender propagandas eleitorais. Só nos quatro dias subsequentes, 14 comerciais foram barrados.

'SEM MEDO DO PT'

Nesta terça, foi suspensa pelo mesmo motivo uma propaganda do PSDB que afirmava que "Aécio é o Brasil sem medo do PT".

Para o ministro do TSE Herman Benjamin, a inserção "além de ser elaborada em tom jocoso, é vazia de conteúdo propositivo".

Também foi barrado por Benjamin um comercial de Aécio que insinua que o ex-ministro José Dirceu, preso no processo do mensalão, integraria a nova equipe do governo de Dilma Rousseff, candidata à reeleição.

"José Dirceu está saindo da cadeia, não sei se ele tá esperando ele pra assumir", diz um locutor na propaganda.

Na segunda, outros três comerciais de Dilma e Aécio foram suspensos e ambos perderam tempo na televisão e no rádio.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave