Candidato a governador do RS faz piada com professores e pede desculpa

José Ivo Sartori (PMDB) brincou com o piso salarial dos educadores; "O piso, eu vou lá na Tumelero [loja de material de construção] e eles te dão um piso melhor... Ali tem piso bom"

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O candidato do PMDB ao governo do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori, fez uma piada sobre o pagamento do piso nacional dos professores e, depois, acabou pedindo desculpas pela declaração.

Em entrevista ao portal Terra nesta segunda-feira (20), o peemedebista foi questionado sobre a remuneração do magistério e disse: "O piso, eu vou lá na Tumelero [loja de material de construção] e eles te dão um piso melhor... Ali tem piso bom".

Horas depois, a declaração começou a ser divulgada nas redes sociais por militantes do candidato petista Tarso Genro, com quem Sartori disputa o segundo turno. O governador Tarso publicou o trecho em sua página no Youtube.

Ainda nesta segunda (20), o sindicato Cpers (Centro dos Professores do Estado do Rio Grande do Sul) repudiou a fala do candidato do PMDB em nota. Disse no comunicado que o tema "não deve ser objeto de chacota ou brincadeiras" e que o episódio mostrou falta de respeito.

Diante da má repercussão, Sartori, também em nota, afirmou que o vídeo divulgado tirava a declaração do contexto. Mas pediu desculpas "por qualquer mal-estar causado" e lembrou que também já foi professor. Ele disse ainda que está sendo vítima de um "vale-tudo" do PT na reta final da campanha.

O pagamento do piso nacional do magistério foi um dos principais assuntos do governo Tarso Genro. A oposição e o sindicato criticaram o governador por não pagar a remuneração, apesar de ter assinado a lei que criou o piso na época em que foi ministro do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave