Empresa gaúcha de energia não poderá aumentar preços, segundo a Aneel

O congelamento dos preços determinado pela Aneel se dá por causa da inadimplência da distribuidora junto à própria agência

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Por decisão da diretoria da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), tomada nesta terça-feira (21), a CEEE-D (Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica) não poderá aumentar os preços praticados atualmente.

A empresa -que atende cerca de 1,6 milhão de residências, escritórios e indústrias em 72 cidades do Rio Grande do Sul- teria direito a reajustar sua tarifa a partir do próximo sábado (25). O reajuste faz parte de um processo anual e, segundo previsões da própria agência, o aumento da CEEE-D esse ano poderia chegar a 28%.

O congelamento dos preços determinado pela Aneel se dá por causa da inadimplência da distribuidora junto à própria agência. A medida, de prazo indeterminado, funciona como uma penalidade. Os preços da distribuidora poderão ser revisados após a quitação dos débitos.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave