Presos sete suspeitos de participação em ataques em Santa Catarina

Os suspeitos foram presos na cidade de Lages, a cerca de 300 quilômetros de Florianópolis, por policiais do setor de inteligência e de patrulhamento tático em meio à Operação Contra-Ataque

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

A Polícia Militar de Santa Catarina prendeu nesta terça-feira (21) sete pessoas suspeitas de envolvimento na onda de ataques criminosos que vem ocorrendo no estado desde o final do mês de setembro. Os suspeitos foram presos na cidade de Lages, a cerca de 300 quilômetros de Florianópolis, por policiais do setor de inteligência e de patrulhamento tático em meio à Operação Contra-Ataque.

Desde o dia 26 de setembro, os órgãos de segurança catarinenses registraram 110 ocorrências relacionadas à onda de crimes, cuja suspeita é a de que as ordens tenham partido de dentro de presídios do estado. Os ataques tiveram como alvo ônibus, instalações públicas, casas de policiais e viaturas, entre outros.

Ao todo, 72 pessoas foram presas por suspeita de envolvimento nos ataques e 23 menores foram apreendidos. Para tentar conter os atos de violência, homens da Força Nacional de Segurança estão em Santa Catarina desde o dia 8 em apoio às ações da Polícia Rodoviária Federal de patrulhamento das estradas federais.  

Leia tudo sobre: ViolênciaSanta CatarinaBrasilPresosAtaquesSuspeitoPolícia Militar