Youssef só vai depor depois das eleições

Partidos que apoiam a candidatura do tucano Aécio Neves querem explorar na CPI as recentes declarações de Paulo Roberto Costa e de Alberto Youssef

iG Minas Gerais |

O presidente da CPI mista da Petrobras, senador Vital do Rêgo (PMDB-PB), afirmou nesta segunda que o depoimento do doleiro Alberto Youssef deverá ser realizado no dia 29, após o segundo turno das eleições. Na semana passada, ele chegou a aventar a possibilidade de Youssef depor nesta quarta, quando a CPI vai ouvir o atual diretor de Abastecimento da estatal, José Carlos Cosenza.

Vital do Rêgo disse que tem encontrado dificuldades para marcar as audiências no período eleitoral. Ele alegou que é preciso cuidar da logística com a Polícia Federal e com a Justiça Federal do Paraná a fim de garantir a presença do doleiro. Partidos que apoiam a candidatura do tucano Aécio Neves querem explorar na CPI as recentes declarações de Paulo Roberto Costa e de Alberto Youssef. Aliado da presidente Dilma Rousseff, a quem tem ajudado na campanha no seu Estado, a Paraíba, Vital resiste em acatar as sugestões da oposição com o argumento de que a CPI não pode ficar “contaminada” pelo ambiente eleitoral.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave