Ronaldo é cotado para ministério num eventual governo Aécio

Ele seria o segundo ex-jogador de futebol a ocupar a pasta, que foi criada por FHC em 1995, com Pelé à frente

iG Minas Gerais | Da redação |

Reprodução Twitter
undefined

O ex-jogador de futebol e empresário Ronaldo Fenômeno é um dos cotados para compor um eventual governo de Aécio Neves (PSDB). Segundo o colunista Felipe Patury, da revista "Época", ele é especulado para o Ministério do Esporte.

Seria o segundo jogador de futebol a ocupar a pasta: em 1995, o então presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) criou o Ministério de Estado Extraordinário do Esporte e nomeou como titular o ídolo Pelé. Ele ocupou o cargo até 1998.

Outros cotados para compor o Ministério de Aécio, segundo o colunista, são Andrea Matarazzo (Cidades), o ex-governador de São Paulo Alberto Goldman e o senador Álvaro Dias (PR), para pastas ainda não definidas.

Um nome que é certo, assumido publicamente pelo candidato, é o de Armínio Fraga, que seria ministro da Fazenda, caso Aécio seja eleito. Fraga chefiou o Banco Central no segundo mandato de Fernando Henrique Cardoso, de 1999 a 2002.

Reportagem do "Valor Econômico" diz que os rumores para a presidência do BC numa gestão Aécio incluem Eduardo Loyo e Ilan Goldfajn. Já o recém-eleito senador Antonio Anastasia (PSDB) é cotado para ministro do Planejamento ou chefe da Casa Civil. Outras especulações indicam o senador eleito José Serra (PSDB) no Itamaraty.