Aécio diz que falta de água em SP é culpa do governo federal

Presidenciável tucano esteve no Santuário Estadual da Nossa Senhora da Piedade, em Caeté, na Grande Belo Horizonte

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O presidenciável Aécio Neves (PSDB) visitou o Santuário Estadual da Nossa Senhora da Piedade, em Caeté, Grande Belo Horizonte, no começo da tarde desta segunda-feira (20). É o primeiro ato de campanha em Minas Gerais na disputa em segundo turno.

O tucano comentou a respeito da estratégia de sua adversária tentar enfraquecê-lo no acirrado embate pelo Palácio do Planalto, colando à sigla dele a falta de água em São Paulo. Segundo ele, a responsabilidade pelo racionamento no Estado do Sudeste é resultado da falta de parceria entre o governo federal e o estadual. Ele também criticou o critério de indicações da Agência Nacional das Águas (ANA).

Aécio disse que sua estratégia nesta reta final de campanha é "falar a verdade". Ele também propôs à sua adversária Dilma Rousseff (PT) um caminho mais propositivo nos próximos dias. E ressaltou mais uma vez que pretender compor sua gestão federal, caso seja eleito, sem influência partidária, considerando o mérito. A tese é a mesma defendida por Marina Silva (PSB) durante o primeiro turno.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave