Corinthians supera trauma de eliminação e derrota o Inter

Vitória deixou os paulistas a um ponto do G-4 e ainda favoreceu o Cruzeiro, que mantém distância mínimo de seis pontos para o Colorado

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

RS - BRASILEIRÃO/INTERNACIONAL X CORINTHIANS - ESPORTES - Gil do Corinthians comemora gol contra o Internacional no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, em partida da 29º rodada do Campeonato Brasileiro 2014. 18/10/2014 - Foto: GUSTAVO GRANATA/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDO
RS - BRASILEIRÃO/INTERNACIONAL X CORINTHIANS - ESPORTES - Gil do Corinthians comemora gol contra o Internacional no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, em partida da 29º rodada do Campeonato Brasileiro 2014. 18/10/2014 - Foto: GUSTAVO GRANATA/AGIF/ESTADÃO CONTEÚDO

No jogo após a goleada sofrida para o Atlético e a consequente eliminação da Copa do Brasil, o Corinthians se reabilitou e venceu o Internacional por 2 a 1 neste domingo (19), em Porto Alegre, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os gols do atacante Guerrero, logo aos 3min de jogo, e do zagueiro Gil, já no fim da etapa inicial, levaram a equipe do técnico Mano Menezes aos 49 pontos, ficando somente a um do G-4, o grupo da Libertadores, no quinto lugar. Já o Internacional, que pressionou muito o time paulista durante toda a partida e descontou somente com Nilmar, já no segundo tempo, ficou na terceira colocação, com 50. O jogo foi muito truncado, principalmente no primeiro tempo, com muitas faltas de ambas as equipes e forte marcação no meio de campo. E o gol corintiano logo aos 3min deixou o jogo ainda mais nervoso dentro de campo, já que o Internacional precisava do resultado positivo para continuar com as esperanças de título. No lance, após cruzamento do lateral esquerdo Fábio Santos, Guerrero ajeitou a bola de cabeça e, de primeira, chutou à meia altura para abrir o placar no Beira-Rio. Com a vantagem na partida, Corinthians intensificou a sua proposta defensiva e jogou recuado até o apito final. A equipe do técnico Mano Menezes recuava quase todos os seus jogadores atrás da sua linha intermediária, se posicionando praticamente no 4-4-1-1, deixando Renato Augusto na armação e só Guerrero mais à frente, isolado entre os zagueiros gaúchos. Porém, essa postura atraía muito a equipe da casa para o seu campo de ataque e o Internacional pressionou os paulistas com muitos cruzamentos e chutes de fora da área. Aos 10min, Aranguiz chegou a acertar o travessão corintiano em cobrança de falta. Depois, o goleiro Cássio precisou de atendimento médico por duas vezes após um choque com Wellington Silva e isso inervou ainda mais o time de Porto Alegre. Com isso, o árbitro deu 13 minutos de acréscimos antes de apitar o intervalo. Mas, quem se aproveitou do tempo extra foram os corintianos. Aos 53min, após cobrança de falta de Jadson, o zagueiro Gil cabeceou no canto direito e fez 2 a 0. A blitz do Inter continuou no segundo tempo. Com mais posse de bola, o time gaúcho pressionava os visitantes, desperdiçando boas chances de diminuir o placar. E, quando já caía uma forte chuva em Porto Alegre, a pressão surtiu efeito. Aos 27min, após cruzamento para a grande área do Corinthians, a bola bateu em Gil, tirou Cássio da jogada e ficou livre para Nilmar apenas chutar para o gol vazio. No final da partida, o Corinthians segurou o ímpeto da equipe gaúcha e conseguiu manter o placar favorável até o apito final.

Local: Beira-Rio, Porto Alegre (RS) Juiz: Dewson Fernando Freitas da Silva - PA Público / renda: não disponíveis Cartões amarelos: Ernando, Paulão, Fabrício, Willians (I); Elias, Guerrero e Cássio (C) Gols: Guerrero, aos 3min, e Gil, aos 53min do 1º tempo; Nilmar, aos 27min do 2º

INTER Alisson Becker; Wellington Silva (Jorge Henrique), Paulão, Ernando e Fabrício; Willians (Wellington Paulista), , Aránguiz, D'Alessandro, Alex e Alan Patrick (Valdivia). Técnico: Abel Braga

CORINTHIANS Cássio; Fagner, Gil, Anderson Martins e Fábio Santos; Bruno Henrique (Guilherme Andrade), Elias, Petros e Jadson (Lodeiro); Renato Augusto (Danilo) e Guerrero. Técnico: Mano Menezes

Leia tudo sobre: corinthiansinterinternacionalcoloradofutebolg-4beira rio