Palco de ótimas recordações

Triunfo será muito importante para espantar a maré de resultados ruins da equipe cruzeirense

iG Minas Gerais | Bruno Trindade |

Em casa. Marquinhos volta ao estádio Barradão, onde viveu boa parte da infância sendo formado profissionalmente pelo rubro-negro
MOISES SILVA / O TEMPO
Em casa. Marquinhos volta ao estádio Barradão, onde viveu boa parte da infância sendo formado profissionalmente pelo rubro-negro

O momento do Cruzeiro no segundo semestre segue com o seu saldo extremamente positivo, porém, inspira cuidados. A Raposa segue como o melhor time do Campeonato Brasileiro, se mantém na liderança da tabela de classificação e é a grande favorita para ficar com o caneco da Série A 2014. O time celeste ainda está nas semifinais da Copa do Brasil e pode reeditar o ano de 2003, quando conquistou a Tríplice Coroa.

O que preocupa a comissão técnica, os jogadores e a torcida, no momento, é a queda de rendimento da equipe nos últimos três jogos. Foram três derrotas com um desempenho abaixo do esperado. Por isso, no jogo de hoje contra o rubro-negro baiano, às 18h30, no Barradão, pela 29ª rodada do Brasileirão, o clube mineiro enfrenta um adversário cujo nome é o que o Cruzeiro mais precisa no momento: Vitória.

O trinfo será importante, pois deixará a confiança do time em alta para não deixar os adversários encostarem no Brasileiro e para o clube não se abalar para a disputa da Copa do Brasil. O palco do embate desta noite traz ótimas recordações para os cruzeirenses. Foi justamente no Barradão, em 2013, que a Raposa pôde festejar o tricampeonato. O campo ainda traz um tabu a favor dos mineiros, que não perdem no estádio há dez anos. A última derrota celeste no local ocorreu no ano de 2004, por 3 a 2 para o Leão, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Apesar das condições favoráveis, o líder enfrentará um adversário que luta contra a degola e que precisa desesperadamente do triunfo. Sabedores dessas dificuldades, os jogadores do elenco estrelado comemoram o retorno de Everton Ribeiro, o maestro do time. “Temos que comemorar a volta de todos os atletas, principalmente a do Everton Ribeiro, que é uma referência no grupo. Sempre que algum jogador volta à nossa equipe, nós comemoramos. É muito importante ter todos os jogadores à disposição nesta reta final do campeonato”, declarou o volante Lucas Silva.

O atacante Marquinhos, ex-Vitória, conhece muito bem a forma como o adversário e o treinador Ney Franco gostam de atuar em casa. “Vivi minha infância quase toda ali. Vai ser um jogo muito difícil, sei como é jogar lá (no Barradão). Vamos encarar dificuldades, mas precisamos parar de errar, ou errar o mínimo para conquistar os três pontos. Conheço o Ney (Franco), ele gosta de jogar para frente. Esperamos fazer um grande jogo”, disse.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave