Mais perto do líder, elenco prega humildade para chegar ao título

Jogadores destacaram que time deve continuar fazer os resultados para seguir vivo na briga pela liderança

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Esportes - Campeonato Brasileiro 2014 - Jogo entre Atletico MG contra Chapecoense , no Independencia em Belo Horizonte MG. Partida valida pela 29 » rodada do Campeonato Brasileiro 2014. Foto: Alex de Jesus/O Tempo 18/10/2014
ALEX DE JESUS/O TEMPO
Esportes - Campeonato Brasileiro 2014 - Jogo entre Atletico MG contra Chapecoense , no Independencia em Belo Horizonte MG. Partida valida pela 29 » rodada do Campeonato Brasileiro 2014. Foto: Alex de Jesus/O Tempo 18/10/2014

A vitória sobre a Chapecoense deixou o Atlético a seis pontos do líder do Campeonato, o Cruzeiro. A Raposa ainda joga neste domingo, contra o Vitória, em Salvador. O rival vem de três derrotas seguidas, enquanto o Galo está embalado pela classificação às semifinais da Copa do Brasil.

 

Entre os jogadores, o discurso é de atenção apenas aos próximos jogos, buscando somar os pontos para continuar vivo na briga pelo título.

"O Galo está chegando aos poucos, como mineiro, comendo pelas beiradas. Com humildade, sabemos que temos muito a melhorar. Vamos continuar lutando", destacou o zagueiro Edcarlos.

O meia-atacante Guilherme admite que está 'secando' o Cruzeiro, mas acredita que o time tem de continuar focado em campo.

"Não é uma situação única nossa. Está todo mundo ai secando o Cruzeiro, mas acho que acima de tudo, tem que fazer a sua parte, não adianta torcer contra. O grande passo é fazer o nosso resultado. Pontuar o máximo possível. Na frente, a gente vê o que acontece", disse Guilherme. 

O goleiro Victor prega um passo de cada vez e já projeta um jogo difícil contra o Bahia, na terça-feira, próxima partida do Galo pelo Brasileirão, em Salvador. 

"Temos que procurar sempre vencer dentro de casa. E jogando fora tentar pontuar também. Agora vem um adversário dificil (o Bahia), que vem em uma situação complicada. Não podemos pensar em outra coisa senão buscar pontos em Salvador. O nosso objetivo é grande, e não podemos pensar em adversário, campo", apontou o arqueiro.  

Leia tudo sobre: AtléticoGalofutebolChapecoenseliderança