Robertão abre o jogo

Conheça Rômulo Arantes Neto, o homem por trás do galã em um “Ele por Elas”

iG Minas Gerais | Da Redação |

Em Malhação, sua estréia na TV,
TV Globo / Fabrício Mota
Em Malhação, sua estréia na TV,

Ele é um dos galãs mais comentados do momento, mas não deixa com que o título influencie em sua personalidade. Rômulo Arantes Neto é discreto, namora a belíssima Cléo Pires e carrega o estigma de ser filho de famoso, mas lida bem com isso. Seu pai também era galã. O ator Rômulo Arantes ainda era um jovem de 43 anos quando morreu em um acidente de ultraleve, em 2000. Além da profissão, Neto herdou do pai nadador a veia esportista e passou a adolescência treinando. Hoje, aos 27 anos, está no ar no horário nobre da maior emissora de TV do país. Ele vive o folgado Robertão, aqueles lindos por quem a gente adora se apaixonar só pela televisão. O ator respondeu a perguntas feitas por mulheres convidadas pelo caderno. Confira o que ele disse. 

Qual a sua relação com a moda? (Cecília Barbi, jornalista)

Sou descomprometido com tendências. Tenho o meu próprio jeito de vestir. Gosto de me vestir. Sinto que é um complemento da minha personalidade.  

Foi você que conquistou Cléo Pires ou ela quem te conquistou?

Rolou uma sincronicidade. Ambos nos conquistamos. 

Qual dica daria para Robertão conquistar Érica?

Arranjar um emprego correto e deixar de ser tão imediatista.

Você sente alguma responsabilidade por ter tido um pai famoso? (Mariana Pontual, jornalista)

Não sinto hoje em dia. Mas no passado chegou a me ocorrer.

Bonitões parecem ter que provar ter mais talento que os normais. Sente essa pressão? (Natália D'Ornellas, Editora do caderno)

Acho que beleza pode abrir portas sim, mas depois é o seu talento que vai mantê-las abertas, não tem outra saída. Não vejo problema algum quando sou reconhecido pela minha beleza, mas de fato prefiro ser reconhecido pelo meu talento. Beleza pra mim está ligada a áurea da pessoas, a sua energia ,ao estado de espírito.

Você já teve alguma fase Robertão na vida? (Miriam Gonçalves, jornalista)

Já tive um lado preguiçoso, de esperar as coisas acontecerem sem me esforçar devidamente. Mas nunca fui um Robertão.. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave