Jogadores admitem desgaste, mas ressaltam superação contra a Chape

Equipe teve pouco tempo para se recuperar do duelo contra o Corinthians, pelas quartas de final da Copa do Brasil

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Esportes - Campeonato Brasileiro 2014 - Jogo entre Atletico MG contra Chapecoense , no Independencia em Belo Horizonte MG. Partida valida pela 29 » rodada do Campeonato Brasileiro 2014. Foto: Alex de Jesus/O Tempo 18/10/2014Esportes - Campeonato Brasileiro 2014 - Jogo entre Atletico MG contra Chapecoense , no Independencia em Belo Horizonte MG. Partida valida pela 29 » rodada do Campeonato Brasileiro 2014. Foto: Alex de Jesus/O Tempo 18/10/2014
ALEX DE JESUS/O TEMPO
Esportes - Campeonato Brasileiro 2014 - Jogo entre Atletico MG contra Chapecoense , no Independencia em Belo Horizonte MG. Partida valida pela 29 » rodada do Campeonato Brasileiro 2014. Foto: Alex de Jesus/O Tempo 18/10/2014Esportes - Campeonato Brasileiro 2014 - Jogo entre Atletico MG contra Chapecoense , no Independencia em Belo Horizonte MG. Partida valida pela 29 » rodada do Campeonato Brasileiro 2014. Foto: Alex de Jesus/O Tempo 18/10/2014

Após conseguir reverter uma situação que parecia improvável contra o Corinthians, pela Copa do Brasil, quando precisou fazer quatro gols, o desgaste era natural. Três dias depois, o Galo estava em campo novamente, desta vez contra a Chapecoense, no Horto. O gol marcado pelo lateral-esquerdo Douglas Santos definiu o embate ainda no primeiro tempo. Na etapa final, os catarinenses apertaram, na busca pelo empate, mas o Galo segurou a pressão. 

Os jogadores reconheceram que o time caiu de rendimento na etapa final, mas destacaram a superação da equipe para bater a Chapecoense. 

"A equipe sentiu no segundo tempo, após imprimir um ritmo forte no primero. Tivemos de administar no segundo. Mas o importante foi a vitória, a dedicação no setor defensivo, que possibilitou o time a somar três pontos", destacou o zagueiro Jemerson. 

Outra que reconheceu a queda de produção no segundo tempo foi o zagueiro Edcarlos. 

"Nos sabiamos que, principalmente no segundo tempo, a tendência era dar uma caída, pela intensidade do jogo de quarta (contra o Corinthians), foi muito desgastante para gente. Vale destacar a humildade do time, do setor defensivo, também dos atacantes que ajudaram a marcar. Isso que faz uma equipe crescer na competição", comentou o defensor. 

O goleiro Victor comemorou o alcance do objetivo de somar seis pontos nos dois últimos jogos em casa - antes, o time bateu o São Paulo por 1 a 0 -, que deixam o Galo na briga pelo G4 e perto do líder, o Cruzeiro. 

"Feliz pela vitória na superação. A equipe sentiu muito o cansaço por causa do jogo de quinta-feira, praticamente, contra o Corinthians. O tempo de recuperação foi muito pequeno. O desgaste foi muito grande, muito calor, umidade baixa. A Chapecoense valorizou demais nossa vitória porque saiu para jogar. A gente soube suportar a pressão e conseguiu o objetivo que foi de fechar a sequência em casa com seis pontos", concluiu. 

Leia tudo sobre: AtléticoGaloChapecoensefutebol