Medina aproveita dia de folga no surfe para treinar em Portugal

A meteorologia aponta uma melhora considerável nas condições climáticas somente a partir de segunda-feira

iG Minas Gerais | Folhapress |

A etapa portuguesa do WCT (principal categoria do surfe), em Peniche, foi paralisada pelo sexto dia, o quarto consecutivo, neste sábado (18), devido ao mau tempo na região.

A meteorologia aponta uma melhora considerável nas condições climáticas somente a partir de segunda-feira (20). Mas o retorno da competição não está descartado para este domingo (19), quando o tempo já deve estar melhor.

Com mais um dia de folga, os brasileiros que disputam o torneio em Peniche, entre eles o paulista Gabriel Medina, 20, aproveitaram para treinar algumas manobras na praia que é conhecida como Supertubos, mesmo sem condições ideais para o surfe.

A etapa portuguesa pode dar o título a Medina. Se vencer o torneio, ele se tornará o primeiro surfista do país a ser campeão mundial. O troféu pode vir mesmo sem um triunfo, mas, neste caso, vai depender de outros resultados.

Medina lidera a classificação com 56.550 pontos, 6.500 a mais do que o segundo colocado, o americano Kelly Slater, que já tem 11 títulos mundiais.

Leia tudo sobre: surfe