Semana de imersão na Itália

Belo Horizonte terá palestras, oficinas e apresentações sobre as tendências da língua italiana

iG Minas Gerais | Litza Mattos |

BH. A consulesa da Itália em Minas Gerais, Aurora Russi, convida a comunidade italiana para aproveitar a extensa programação
DENILTON DIAS / O TEMPO
BH. A consulesa da Itália em Minas Gerais, Aurora Russi, convida a comunidade italiana para aproveitar a extensa programação

Os primeiros imigrantes italianos que chegaram ao Brasil trouxeram na bagagem muitas características culturais que foram, ao longo do tempo, incorporadas à cultura brasileira. Alguns vocabulários e os livros “Pinóquio” e “O Príncipe”, deMaquiavel, são apenas alguns exemplos que serão lembrados a partir da próxima segunda-feira, durante a Semana da Língua Italiana, em Belo Horizonte. A abertura do evento, que terá como tema “Escrever a nova Europa: editores italianos, autores e leitores na era digital”, acontecerá no auditório da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), mas outras atrações, como palestras, leituras, conferências, apresentações teatrais, oficinas, mostras e exposições estarão distribuídas por toda a capital. Em entrevista a O TEMPO, a consulesa da Itália em Minas Gerais, Aurora Russi, explicou a importância do evento para os quase 40 mil descendentes de italianos que vivem em Belo Horizonte. “É sempre importante falar da língua italiana para todos os italianos que estão no exterior, porque a língua é a nossa identidade. O assunto deste ano também está relacionado ao término da presidência italiana no Conselho da União Europeia ao fim de 2014 e às mudanças em relação à edição de livros para internet e outros meios de comunicação”, afirma. Um dos maiores destaques da programação, segundo Aurora, são “duas edições especiais do Manuzio – um dos primeiros editores italianos – que estavam conservadas em Belo Horizonte, na coleção de obras raras da UFMG”. “Também vamos ter performances de teatro para contar a história de uma personagem muito interessante da história da Itália, Eleonora Pimentel Fonseca. Vamos realizar leituras públicas de ‘Pinóquio’, um conto maravilhoso que levaremos para crianças de vários lugares, como colégios, creches e projetos sociais, para tentarmos sair dos lugares comuns da literatura, levando a língua italiana até outros espaços”, explica. O evento também conta com oficinas de encadernação artesanal. Para participar é preciso que os interessados se cadastrem pelo site do Consulado Italiano ou da UFMG. “Nessas oficinas, as pessoas poderão aprender como fazer uma encadernação artesanal, saber como se faziam os livros no passado, método que talvez não seja mais utilizado, porque as técnicas mudaram muito”, conta Aurora.

De acordo com a consulesa, todas as atividades da Semana da Língua Italiana são uma oportunidade para aproximar as culturas. “Vamos aproveitar para trazer a língua italiana mais para perto da população de Belo Horizonte e de todos os brasileiros que têm interesse, e não só para os italianos”, diz.

Programação Semana da Língua Italiana: Tema: Escrever a nova Europa: editores italianos, autores e leitores na era digital Data: 20 a 25 de outubro Atividades: palestras, leituras, conferências, apresentações teatrais, oficinas, mostras e exposições. Mais informações pelo telefone: (31) 3524-1002

Saiba como votar Critérios: italianos com cadastro no Anagrafe dos Italianos Residentes no Exterior (Aire) há mais de seis meses, maiores de 18 anos e que se cadastraram no consulado de sua região. Prazo para o pedido de votação: 19 de novembro Recebimento dos envelopes: até 29 de novembro Envio dos envelopes: até dia 19 de dezembro Consulado em BH: www.consbelohorizonte.esteri.it

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave