Palhaços à vista

iG Minas Gerais | Da redação |

Cia. Circunstância comemora década com retrospectiva
LINCON ZARBIETTI/DIVULGAÇÃO
Cia. Circunstância comemora década com retrospectiva

O nome da companhia diz muito sobre ela: Circunstância. Apesar de mais voltados para o teatro de rua, seus membros gostam de levar suas produções para outros tipos de lugares. “Buscamos nos adaptar a qualquer circunstância”, explica Diogo Dias, um dos fundadores do grupo. E é isso que eles vão fazer entre os dias 23 (quinta) e 26 (domingo), no Galpão 3 da Funarte, na “Mostra de 10 anos da Cia Circunstância”, que integra a programação do projeto “Ocupação 3.0 – De Lá Pra Cá”.

  Se há certa mutabilidade no espaço em que eles se apresentam, no que se refere ao estilo teatral algo se mantém ao longo dos dez anos da companhia: a entrega à arte do palhaço. Criada em 2004 por Diogo Dias e Luciano Antinarelli, com a entrada posterior de Evandro Heringer, Miguel Safe, Dagmar Bedê e Yuri Pinto, a Circunstância sempre teve o gênero clown em sua essência, algo que Diogo define com encantamento: “Ele faz com que a gente consiga abertura com as pessoas. É incrível como as pessoas se mostram abertas quando encontram com o olhar do palhaço”.   Os palhaços da Circunstância estarão na Funarte MG em quatro apresentações, mas as duas primeiras, de quinta e sexta, são reservadas para alunos de escolas públicas. Já no sábado (25), o público poderá conferir esse olhar do palhaço em “Palhaços à Vista”, peça que tem uma referência muito grande à tradição do palhaço brasileiro e traz a nostalgia dos “cirquinhos” que percorriam as cidades do interior   No domingo (26), também aberto para todos, será apresentado “De Mala às Artes”, que conta a história de um personagem da cultura popular, Pedro Malasartes. “Ele é anti-herói, um herói que faz coisas erradas para ser herói, pois ele apronta poucas e boas para proteger os que sofreram injustiças. É superdivertido para a criançada”, resume Diego.   Mas quem pensa que teatro de palhaço é coisa só de criança está muito enganado, pelo menos se depender do público que frequenta e se diverte com as peças da Circunstância. “As crianças estão curtindo, mas aí olhamos para a cara dos pais e às vezes eles estão se divertindo mais ainda. Gostamos quando vai a família toda. Sinto que esse é o publico perfeito para o tipo de espetáculo que a gente faz”, conta Diego.   Cia Circunstância 10 Anos No projeto “Ocupação 3.0 – De Lá Pra Cá”.  Funarte MG (r. Januária, 68, centro, 3213- 3084).  “Palhaços à Vista”. Sábado (25), às 16h.  “De Mala às Artes”. Domingo (26), às 16h. R$ 5 (inteira).

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave