Sem autorização, faixas de Aécio estampam edifício tombado em BH

Propaganda aparece na fachada do edíficio Niemeyer, na Praça da Liberdade; campanha nega autoria da peça

iG Minas Gerais | Ricardo Corrêa e Lucas Ragazzi |

Edifício Niemeyer, em Belo Horizonte, ostenta propaganda irregular do candidato Aécio Neves
RICARDO MALLACO / O TEMPO
Edifício Niemeyer, em Belo Horizonte, ostenta propaganda irregular do candidato Aécio Neves

Situado em um dos pontos mais nobres e famosos da capital mineira, o edifício Niemeyer se apresenta, nos últimos dias, portando peças gráficas do candidato à Presidência da República Aécio Neves (PSDB). A ação tem uso publicitário e realmente chama a atenção de quem passa pelo local, mas, de acordo com o Conselho Deliberativo do Patrimônio Cultural da Prefeitura de Belo Horizonte, a propaganda é irregular.

Construído em 1960 e arquitetado por Oscar Niemeyer, o edifício é, desde a década de 1980, tombado como patrimônio histórico municipal, estadual e federal. Exatamente por isso qualquer tipo de campanha publicitária que queira ser inserida no local, deve, antes, fazer uma solicitação ao conselho patrimonial.

Procurado pelo blog Olho Neles, do portal O TEMPO, o conselho afirmou não ter sido solicitado para que as peças gráficas fossem expostas no local. “Como não houve qualquer tipo de notificação ao conselho, a propaganda é irregular”, diz a assessoria.

Prefeitura informou que não autoriza publicidade eleitoral em edifícios tombados, por recomendação do MPF
RICARDO MALLACO / O TEMPO
Prefeitura informou que não autoriza publicidade eleitoral em edifícios tombados, por recomendação do MPF

Além disso, o conselho informou ter recebido uma orientação do Ministério Público Federal para que, durante a época da eleição, nenhuma campanha eleitoral fosse aprovada em prédios tombados por patrimônio histórico.

Até às 18h desta sexta-feira, as imagens de Aécio ainda estava presente no local. A campanha do tucano negou que seja responsável pelas peças no edifício. O blog tentou entrar em contato com a portaria do Niemeyer, mas não obteve sucesso.

Para realizar qualquer tipo de denúncia a respeito de propaganda irregular em locais tombados de Belo Horizonte, o cidadão pode acionar o órgão da prefeitura. O telefone é (31) 3277-5011, e o e-mail, dibc.fmc@pbh.gov.br.