STJD absolve Felipão e treinador pode comandar Grêmio no sábado

Time gaúcho também foi liberado das acusações e se livrou de pagar uma multa que podia atingir R$100 mil

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Felipão quer evitar que o time desabe depois de tomar um gol, como ocorreu no Gre-Nal
Grêmio/Reprodução
Felipão quer evitar que o time desabe depois de tomar um gol, como ocorreu no Gre-Nal

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) decidiu absolver o técnico Luiz Felipe Scolari e agora ele está liberado para comandar o Grêmio na partida deste sábado, contra o Goiás, às 18h30, no estádio Serra Dourada, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em julgamento ocorrido nesta sexta-feira, no Rio de Janeiro, Felipão se livrou das duas denúncias envolvendo o artigo 258 - que trata de indisciplina em campo- do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD).

Durante a derrota por 1 a 0 para o São Paulo, Felipão foi expulso aos 13 minutos do segundo tempo, pelo árbitro paranaense Felipe Gomes da Silva, por reclamar das decisões da equipe de arbitragem. Se fosse punido pelo pleno, Scolari poderia pegar até 12 partidas de suspensão.

O Grêmio também foi julgado nesta sexta-feira e respondeu pela ação do treinador e por um arremesso de um frasco de remédios no gramado, nos minutos finais de partida. O time gaúcho também foi absolvido das acusações e se livrou de pagar uma pena que podia atingir R$100 mil.

Leia tudo sobre: felipaogremiostjdjulgamentogoiasserra douradacampeonato brasileiro