Dia de mais uma ‘final’ para o Coelho

Equipe joga nesta sexta, às 21h50, e só a vitória mantém acesa a chance de subir para Série A de 2015

iG Minas Gerais | Antônio Anderson |

Givanildo de Oliveira ainda acredita na volta da equipe ao G-4
Lincon Zarbietti / O Tempo
Givanildo de Oliveira ainda acredita na volta da equipe ao G-4

Com dez pontos menos que o Joinville, clube que fecha o grupo dos quatro primeiros colocados na tabela de classificação da Série B do Campeonato Brasileiro, o América enfrenta o Paraná nesta sexta, às 21h50, no estádio Durival de Britto, em Curitiba, em partida válida pela 30ª rodada da competição. Sem perder há seis jogos, com quatro vitórias e dois empates, o alviverde é obrigado a conseguir um resultado positivo sobre os paranaenses, que brigam contra o rebaixamento, para manter vivo o sonho do acesso.

Com as vitórias do Boa Esporte e do Atlético-GO na abertura da rodada, o América caiu do oitavo para o 11º lugar. Apesar de alguns sites de estatísticas de futebol darem menos de 2% de chances de o clube conseguir a vaga, o discurso entre a comissão técnica e os jogadores é que, enquanto houver uma possibilidade, eles vão continuar buscando. “Tem uma projeção de 62 pontos para a quarta vaga e nós trabalhamos com isso. Enquanto houver chances matemáticas, vamos continuar acreditando”, afirmou o técnico Givanildo Oliveira.

O treinador americano sabe que a pressão pelos resultados existe, mas mostrou confiança no time. “Neste momento, a principal preocupação é a de fazer a nossa parte em campo e ganhar. Depois, vamos secar os outros adversários”, destacou Givanildo Oliveira, que no jogo desta noite vai atingir a marca de 152 jogos no comando do alviverde e se tornar o terceiro treinador que mais dirigiu o alviverde em toda a história do clube. “É uma marca muito importante para a minha carreira. Eu gosto muito do América, um clube no qual consegui dois títulos importantes (Série B 1997 e Série C 2009) em que tenho uma satisfação muito grande de trabalhar”, destacou Givanildo Oliveira, que mais uma vez vai deixar para confirmar a escalação apenas momentos antes do início do jogo. Ele não vai poder contar com o lateral Gilson, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, e o meia Renan Oliveira, vetado por causa de um problema na virilha.

“Na minha cabeça já tenho uma ideia do time. Mas ainda vou aguardar mais um pouco para definir a escalação, se coloco mais um volante (que pode ser Thiago Santos) ou mais um atacante (Bruninho)”, afirmou Givanildo. E, se depender do retrospecto, a vantagem, na história dos confrontos é favorável ao América. Foram 18 jogos com oito vitórias do Coelho, sete empates e três vitórias do Paraná.

Garotos da base relacionados O técnico Givanildo Oliveira relacionou 19 jogadores para o jogo contra o Paraná. Os destaques do grupo que embarcou para Curitiba foram os atacantes Bruno Sávio e Rubens, que fazem parte da equipe de base. Viajaram também os goleiros João Ricardo e Fernando Leal, o lateral Raul, os zagueiros Adalberto, Vitor Hugo e Renato Santos, os volantes Leandro Guerreiro, Andrei, Pablo, Thiago Santos e Magrão, os meio-campistas Tchô e Willians e os atacantes Obina, Bruninho, Ricardinho e Júnior Negão.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave