Excesso de remédios como o omeprazol causaria demência

Estudo feito nos EUA ainda faz alerta sobre as implicações da automedicação

iG Minas Gerais | da redação |

Droga. Excesso de omeprazol ou similar tem relação com níveis baixos da vitamina B12
Pawel Kryj/stockxpert
Droga. Excesso de omeprazol ou similar tem relação com níveis baixos da vitamina B12

Muito usados por quem tem refluxo, gastrite, acidez estomacal, úlcera, entre outros problemas estomacais, medicamentos com o omeprazol, da classe dos antiulcerosos, que reduz a secreção ácida, podem levar à demência se consumidos em excesso.

O alerta foi feito em um estudo norte-americano, publicado na revista da Associação Médica Americana (“Jama”, em inglês).

“Há mais de cinco anos, os médicos vinham ouvindo falar da existência de todos esses efeitos secundários. Mas torna-se difícil a sensibilização tanto dos profissionais de saúde como dos seus pacientes, a fazer o uso mais racional desse medicamento”, afirma o presidente do departamento de medicina da família e da Academia de Ciências Médicas de Bilbao, José Antonio Estévez.

O medicamento representou uma revolução no tratamento de úlceras gástricas. Entretanto, conforme avaliou o estudo, o consumo contínuo (por dois anos ou mais) de doses elevadas de omeprazol, que correspondem a 40 miligramas diários, está diretamente relacionado à falta de vitamina B12 no organismo, que pode levar a problemas neurológicos graves, como demência e anemia.

Ao longo de 14 anos, de 1997 a 2011, os especialistas fizeram a comparação entre um grupo de 25.956 pacientes com diagnóstico de déficit de vitamina B12 com outro de 184.199 pessoas sem esse transtorno.

O estudo concluiu que as pessoas que tomaram omeprazol ou similar durante muito tempo tinham 65% mais chances de ter níveis baixos de vitamina B12.

Exagero. A descoberta serviu como alerta contra a automedicação, segundo os especialistas. Alguns afirmam que certos pacientes fazem uso do remédio quando sabem que vão exagerar na alimentação. O agravante nessa situação é a ingestão sem prescrição médica.

A pesquisa recomenda que as pessoas que insistem na automedicação devem, ao menos, reduzir a quantidade de remédio pela metade, ou fazer pausas entre um período e outro de uso. Assim, parte da quantidade de vitamina B12 necessária poderia ser recuperada pelo organismo.

Fonte. A vitamina B12 está presente em boas quantidades nos alimentos de origem animal, especialmente nos peixes de águas frias e profundas, como salmão, truta e atum, fígado, carne de porco, leite e derivados, ovos e ostras.

Flash

O que é. O omeprazol age na diminuição da quantidade de produção de ácido clorídrico pelo estômago, sendo indicado para gastrite, úlcera e esofagite.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave