Pela primeira vez, cidade elege seus representantes

Embora a ALMG e a Câmara Federal tenham tido baixo índice de renovação, os votos dos contagenses foram decisivos para que candidatos do município se elegessem

iG Minas Gerais |

Marília Campos.
Ex-prefeita conquistou uma vaga na ALMG
Divulgação
Marília Campos. Ex-prefeita conquistou uma vaga na ALMG

Mesmo após as análises de que as manifestações de junho de 2013 apresentaram um sentimento de mudança por todo o país, a renovação na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) foi a menor dos últimos anos. A Casa terá 26 novos deputados, o que representa 33,77% da bancada de 77 cadeiras.

Em 2010, foram 28 deputados que não ocupavam o cargo na época da eleição, uma renovação de 36,36%. Em 2006, foram 31 novos deputados e, em 2002, haviam sido 36.

Assim como na Assembleia de Minas, a renovação de deputados federais por Minas também sofreu pouca renovação. A Câmara Federal terá apenas 16 novos nomes vindos do Estado, o que representa uma mudança de 30%.

Porém, na contramão desse cenário, Contagem elegeu – pela primeira vez – representantes que defenderão interesses diretos do município no Legislativo e no Executivo, a partir de janeiro do próximo ano.

Entre os que mais se destacaram está a ex-prefeita Marília Campos (PT), que retornou à ALMG, como deputada estadual com 78.801 votos. Desse total, 61.224 foram conquistados apenas em Contagem. “Agradeço, em especial, aos moradores de Contagem que me fizeram deputada estadual majoritária na cidade, com a maior votação da história de nosso município. Essa vitória foi o reconhecimento do trabalho realizado”, disse Marília Campos. Quanto ao seu mandato, ela afirmou que estará a serviço dos interesses coletivos da população, sejam os movimentos sociais, sejam as comunidades, cidades e regiões. “Quero ajudar na articulação de políticas metropolitanas, como transporte, saúde e segurança, onde existem carências enormes”, afirmou.

O vereador Ricardo Faria (PCdoB) também foi eleito com o apoio dos contagenses. Dos 44.758 votos obtidos, 27.731 foram computados nas urnas da cidade. “Agradeço aos amigos que nos apoiaram e caminharam conosco. Fico imensamente grato por terem carregado a minha bandeira e tornado-a sua bandeira também. Estou feliz com a sensação de dever cumprido. Obrigado pelos quase 45 mil votos – que me colocaram como o segundo candidato mais votado de Contagem”, ressalta o vereador, que aprovou as leis que consideram como Patrimônio Cultural de Contagem as feiras de Artesanato do bairro Eldorado e do bairro Amazonas e, como deputado, pretende defender e valorizar a cultura de todo o Estado.

Com 146.792 votos o deputado George Hilton (PRB) foi reconduzido para mais um mandato na Câmara dos Deputados. Como o sétimo mais votado em Contagem, com 9.277 votos, o deputado federal diz que se sente ainda mais comprometido com a população contagense. “Os contagenses podem ter a certeza de que terão, em nosso mandato, um ferrenho defensor dos recursos para podermos dar as devidas respostas às necessidades dos cidadãos, tanto no que se refere ao governo federal, quanto ao estadual do qual somos aliados de primeira hora”, garante.

Newton Cardoso Jr. (PMDB) também tomará posse em janeiro como deputado federal e, com 128.489 votos – sendo 26.001 dos eleitores de Contagem –, mostrou que a tradição familiar na política está reforçada. “Foi uma votação expressiva, considerando ter sido minha primeira eleição. A população pode esperar um mandato participativo, transparente e com total respeito. Contagem precisa melhorar a saúde, por meio de uma reorganização da gestão, desde que haja recursos, claro”, declarou.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave