Revelação sobre propina para ex-presidente do PSDB esquenta o debate

Denúncia sobre pagamento feito a Sérgio Guerra veio a tona nesta quinta-feira após divulgação feita por reportagem publicada pelo Uol

iG Minas Gerais | DA REDAÇÂO |

O segundo bloco do debate organizado pelo SBT/ Uol, nesta quinta-feira (16), manteve a tensão quando a candidata Dilma Rousseff repercutiu a notícia divulgada pelo site do Uol, que traz a informação de que o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa afirmou ter repassado propina ao ex-presidente do PSDB para esvaziar uma sessão da CPI instalada para investigar a Petrobras em 2009. Ela destacou a importância de se investigar quem foi beneficiado e quem distribuiu as propinas.

As acusações recaem sobre Sérgio Guerra, que faleceu em março de 2014. Com a morte de Guerra a presidência do partido foi repassada para Aécio Neves.

Em sua resposta, o candidato destacou que pela primeira vez a candidata dava credibilidade às denúncias feitas pelo ex-diretor da Petrobras. Ele também destacou o esforço realizado pelo PT para evitar que o tesoureiro do PT, João Vaccari Neto participasse da CPI mista da Petrobras.

Segurança Pública

Aécio Neves, ao fazer a sua pergunta, destacou a falta de segurança pública no país e avaliou que participação do governo federal é pequena quando comparada com a taxa de investimentos feita pelos estados e municípios. O candidato também destacou o número de mortes violentas no Brasil durante a gestão do PT.

Dilma destacou as propostas do governo federal para ampliar a participação do governo federal na segurança e lembrou da atuação da Força Nacional de Segurança durante a Copa das Confederações e a Copa do mundo.

Na terceira pergunta, Dilma manteve a polêmica sobre questão a questão da segurança. Em sua resposta, Aécio destacou as propostas apresentadas por ele para garantir a destinação do repasse destinado a segurança pública e da revisão do código penal, que segundo ele visa reduzir a sensação de impunidade que existe atualmente. Ele também apontou para a necessidade de criar uma política diferente junto aos países vizinho que produzem drogas.

Mobilidade Urbana

Na pergunta final do bloco, Aécio questionou as melhorias na mobilidade urbana reivindicadas pela candidata do PT. Em resposta, Dilma destacou a construção de obras de metro no Rio de Janeiro e no Ceará. Ela lembrou dos investimentos feitos nos BRTs e afirmou que as verbas para o metrô de Belo Horizonte já está disponível.

O tucano respondeu afirmando que a população continua sofrendo com os problemas e que as políticas adotadas pelo governo federal não tiveram efeito.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave