Crivella ironiza Datafolha que dá vantagem a Pezão na eleição do RJ

No primeiro turno, instituto divulgou uma pesquisa no dia 4 de outubro, véspera da votação, que sinalizava empate técnico entre Garotinho e Crivella

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O candidato do PRB ao governo do Estado do Rio, Marcelo Crivella, reagiu com ironia à vantagem de seu adversário, o governador e candidato à reeleição Luiz Fernando Pezão, apontada em pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (16).

De acordo com o instituto, no levantamento mais recente, Pezão registra 56% das intenções de votos válidos, enquanto Crivella alcança 44%, uma diferença de 12 pontos percentuais.

"Estou felicíssimo (com o resultado da pesquisa). O Datafolha é o instituto dos grandes erros. No primeiro turno, disse que o Garotinho estava 10 pontos à minha frente. Preocupação seria se o Datafolha colocasse a gente na frente. Aí seria um grande problema porque eles sempre erram", disse Crivella em entrevista nesta quinta durante campanha pelo centro do Rio.

No primeiro turno, o Datafolha divulgou uma pesquisa no dia 4 de outubro, véspera da votação, que sinalizava empate técnico entre Garotinho e Crivella. Segundo o instituto, Garotinho estava naquela data com 25% das intenções de votos válidos e Crivella marcava 22%, uma diferença de apenas três pontos percentuais, portanto, dentro da margem de erro.

Em 5 de outubro, dia da eleição do primeiro turno, o instituto Ibope divulgou uma pesquisa de boca de urna onde Garotinho aparecia em segundo (atrás de Pezão) com 28% das intenções de voto, enquanto Crivella chegava a 18%, uma diferença de dez pontos percentuais.

Ao fim da apuração, Pezão registrou 40,5% dos votos válidos, Crivela, 20,2%, e Garotinho, 19,7%.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave