Apostador aciona Justiça para provar que ganhou R$ 16 mi na Mega Sena

Homem diz que perdeu o bilhete premiado e, por isso, não conseguiu receber o prêmio; sorteio foi realizado no dia 16 de julho

iG Minas Gerais | Bruna Carmona |

Dois de Ribeirão Preto levam Mega-Sena
Divulgação
Dois de Ribeirão Preto levam Mega-Sena

Imagine a seguinte situação: um apostador acerta as seis dezenas sorteadas em um concurso da Mega-Sena, mas, quando vai receber o prêmio, descobre que perdeu o bilhete. Este apostador existe, vive em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, e acionou a Justiça para provar que tem o direito de receber a bolada de aproximadamente R$ 16 milhões.

De acordo com a advogada do apostador, Ângela Botelho, o prazo para a retirada da quantia termina nesta quinta-feira (16), mas, como há um processo correndo na Justiça, esta data pode ser desconsiderada. Segundo a advogada, a Caixa Econômica Federal e a lotérica onde a aposta foi feita já foram intimadas e apresentaram dados sobre o bilhete e também imagens das câmeras do circuito interno do estabelecimento, que estão sendo analisados pelo juiz responsável pelo caso. Ainda de acordo com  Ângela, se as imagens comprovarem que o apostador esteve na lotérica no mesmo horário em que o bilhete premiado foi emitido, ficará mais fácil provar que seu cliente é o ganhador.

“Ele é muito convincente na história e nos documentos que nos trouxe. A gente está convicto de que ele é o ganhador”, conta a advogada.

A aposta foi feita em uma casa lotérica que fica dentro de um hipermercado, em Uberlândia, entre os dias 5 e 7 de julho. O sorteio do concurso 1.617 foi realizado no dia 16 de julho e contemplou dois ganhadores no prêmio principal: um de Santo André, no interior de São Paulo, e outro de Uberlândia, em Minas Gerais. Cada um deles tem direito à quantia de R$ 16.075.904,16. Segundo Ângela Botelho, o ganhador de Santo André já resgatou o dinheiro.

As dezenas sorteadas foram 03-23-26-31-47-54.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave