Sada Cruzeiro reencontra Riacho na luta por vaga na final

Celestes recebem Montes Claros às 19h30 no caminho pelo penta; mais cedo, Minas e UFJF decidem primeiro garantido à disputa pelo ouro

iG Minas Gerais | Débora Ferreira |

Favorito, Sada Cruzeiro quer título para começar temporada com pé direito
Renato Araújo/Sada Cruzeiro
Favorito, Sada Cruzeiro quer título para começar temporada com pé direito

De volta ao Riacho depois de 40 dias longe do ponto de encontro com sua torcida, o Sada Cruzeiro mata nesta sexta-feira a saudade dos cruzeirenses. O time entra em quadra às 19h30, contra o Montes Claros, pela semifinal do Mineiro. Antes disso, no mesmo local, o Minas Tênis Clube recebe o UFJF, às 17h, também de olho em uma vaga na grande final e na chance de quebrar a hegemonia celeste, que já dura quatro anos.

Mesmo tido como o grande favorito para o confronto, o dono da melhor campanha no Mineiro não espera vida fácil diante dos últimos colocados na primeira fase, até pelas circunstâncias da partida - o MOC não disputa uma final desde 2009, quando bateu o Minas e ficou com o título.

“Esperamos um Riachão lotado para esse jogo, até porque a torcida já deve estar com saudade dos nossos jogos em Contagem. Será uma semifinal difícil, a gente sabe que o time do Montes Claros passou por muitas mudanças, mas tem um elenco forte, que pode fazer a diferença em momentos decisivos”, disse o central Douglas Cordeiro.

E do outro lado, o clube do norte de Minas está mesmo traçando estratégias para deter o elenco de Marcelo Mendez.

“O Cruzeiro é um time excelente e que tem como uma das principais virtudes rodar a bola. Para a gente fazer um jogo equilibrado vamos precisar forçar bastante no saque e variar bem nossas bolas de ataque”, comentou o levantador Rodriguinho.

Antes de entrar em quadra, os times já saberão quem será o adversário da final. A vantagem do primeiro confronto da noite é do Minas, que venceu os dois jogos contra os juizforanos, mas para o líbero Lucianinho, as vitórias não fazem tanta diferença quando a bola rolar.

“O fato de termos ganhando os dois jogos não nos dá vantagem alguma para a semifinal. É outra fase, outra história. Eles estão com mais ritmo de jogo, pois participaram de um torneio na Argentina. Nós pudemos recuperar o Everaldo e dar mais ritmo para o Yadrian. Quando começar o jogo, temos que esquecer que vencemos dois”, explica.

Entradas. A comercialização dos bilhetes para os dois jogos das semifinais, nesta sexta, e da grande final, no sábado, começam na manhã desta sexta, em dois postos de venda, no valor de R$ 8 a inteira e R$ 4 a meia. Na Sede Administrativa do Cruzeiro, no Barro Preto, a bilheteria funciona de 9h às 17h, somente sexta, e no próprio Ginásio Poliesportivo do Riacho, vai de 9h até o início do segundo jogo para as semifinais, e a partir das 9h para a final de sábado, marcada para às 16h.

Veja os endereços:

Sede Administrativa do Cruzeiro - Rua Timbiras, 2903, Barro Preto

Riacho -  Rua Rio Paraopeba, 1200, Riacho das Pedras

Leia tudo sobre: riachosada cruzeiromontes claros vôleiminasufjfsemifinaisvagabrigadisputamineiro de vôleiestadual