Fundo abre inscrições para cooperação entre Brasil e Inglaterra

Pesquisadores de todos os Estados do Brasil podem apresentar propostas de workshops em parceria com instituições britânicas; chamadas são do Fundo Newton, Researcher Links e Institutional Links

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O British Council anuncia nesta quinta-feira (16), durante a 11ª Semana de Ciência e Tecnologia em Brasília, a abertura de três chamadas de cooperação entre pesquisadores brasileiros e britânicos como parte do fundo Newton de fomento à pesquisa e inovação em países emergentes. O anúncio será feito durante a palestra “Diálogo Brasil-Reino Unido: Ciência e Desenvolvimento”, promovida pela Embaixada Britânica no Brasil.

As chamadas são públicas e fazem parte de duas linhas de financiamento do Fundo Newton, o Researcher Links e o Institutional Links. Esta chamada do Newton Researcher Links será implementada por uma parceria entre o British Council e o CNPq.

Pesquisadores de todos os Estados do Brasil podem apresentar propostas de workshops em parceria com instituições britânicas em cinco temas: Segurança alimentar, Terapias avançadas para o tratamento de doenças crônicas e terapias genéticas, Doenças negligenciadas, Rádio farmacêuticos e Nanotecnologia aplicada a questões de saúde pública.

Cada workshop deverá ser coordenado por dois pesquisadores, um no Brasil e um no Reino Unido, e ter duração entre 3 e 5 dias. Os workshops deverão ser realizados entre 1 de abril de 2015 e 31 de março de 2016.

Esta é a terceira edição do Researcher Links no Brasil, que realiza 23 workshops no país. O prazo para se inscrever nesta chamada é 20 de novembro de 2014 e a inscrição deverá ser feita através do website (clique aqui).

As outras oportunidades do Fundo Newton ficam por conta do inédito programa Institutional Links. São duas chamadas coordenadas pelo British Council em parceria com a Capes e com a SAE – Secretaria de Assuntos Estratégicos do Governo Federal.

O Institutional Links aceitará propostas para um  conjunto de atividades de cooperação entre instituições brasileiras e britânicas incluindo workshops, missões, palestras e outras atividades de intercâmbio, que podem ser realizadas em até dois anos. 

As áreas contempladas com a CAPES serão: Descoberta de Novas Drogas (prioridade será dada a doenças negligenciadas ou condições médicas que aflijam populações de baixa renda), Agricultura, Água e Meio-Ambiente.

Já na parceria com a SAE, o foco será em Mudanças Climáticas, incluindo a construção de um polo de conhecimento de adaptação às mudanças climáticas no Brasil. As propostas deverão ser enviadas até 20 de novembro de 2014 através do website (clique aqui).

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave