Atleticanos provocam Mano com "dancinha" da classificação

Jogadores afirma que fizeram a "dança" polêmica apenas para relaxar e tirar o peso da partida

iG Minas Gerais | JOSIAS PEREIRA |

ESPORTES : BELO HORIZONTE/MG - COPA DO BRASIL - ATLETICO MG X CORINTHIANS
Jogo de volta das Quartas de Final entre as equipes do Atletico Mineiro x Corinthians , no Mineirao em Belo Horizonte

Foto : JOAO GODINHO / O TEMPO - 15.10.2014
JOAO GODINHO / O TEMPO
ESPORTES : BELO HORIZONTE/MG - COPA DO BRASIL - ATLETICO MG X CORINTHIANS Jogo de volta das Quartas de Final entre as equipes do Atletico Mineiro x Corinthians , no Mineirao em Belo Horizonte Foto : JOAO GODINHO / O TEMPO - 15.10.2014

Nada melhor do que uma partida após a outra. Na vitória sobre o Galo por 2 a 0, em São Paulo, o técnico Mano Menezes dançou após o gol de Luciano sobre Victor, em falha do arqueiro alvinegro. No Mineirão, assim que o juiz deu um ponto final na goleada por 4 a 1 sobre o rival paulista foi a vez dos atleticanos "dançarem" em celebração a classificação à semifinal da Copa do Brasil.

"Cada um comemora como quer. Aqui a gente dançou também para relaxar, tirar um pouco o peso da partida. Não estamos dando resposta para ninguém, mas toda equipe está de parabéns pelo que fizemos em campo nesta noite", apontou o atacante Luan.

Curiosamente, Victor foi questionado sobre o fato na última entrevista coletiva antes da decisão desta quarta. Polido, ele rechaçou qualquer tipo de sentimento de revanche no grupo. Mas não foi bem o que se viu no Mineirão na noite de hoje.

Aliviado pela vitória e a vaga, Victor foi novamente perguntado sobre o fato. Mais comedido que seus companheiros, ele preferiu exaltar o triunfo conquistado sobre seu ex-comandante na época de Grêmio.

"Cada um comemora como quer e nós optamos celebrar daquele jeito. Nossa preocupação desde início era o Corinthians, estudar a equipe deles. Não adianta a gente ficar procurando muitas polêmicas. Fomos bem hoje e estamos felizes com a classificação. Nosso único pensamento tem que ser o Atlético, o resto não nos importa", concluiu.

Leia tudo sobre: atleticodançacorinthianscopa do brasil