Transplante de células-tronco devolve visão a pessoas cegas

Considerada um avanço, pesquisa estudou pacientes por três anos

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

LOS ANGELES, EUA. Um transplante de células-tronco ajudou a restaurar a visão de pacientes sofrendo de uma forma de cegueira incurável, segundo um estudo publicado na revista “Lancet”. Dezoito pacientes com Degeneração Macular Relacionada à Idade (DMRI) ou distrofia macular de Stargardt fizeram parte de um teste que durou três anos, e nesta semana cientistas anunciaram que os transplantes foram bem-sucedidos, revelando que dez entre os 18 tiveram melhora significativa na visão.  

A descoberta traz esperança para mais milhares de pessoas que sofrem do problema e foi considerada um grande avanço pelos cientistas.

“Nossos resultados sugerem que a técnica é segura e marca um passo importante no uso de células-tronco no tratamento de vários transtornos”, afirmou Steven Schwartz, um dos coordenadores do estudo pelo Instituto da Visão Jules Stein, em Los Angeles.

Ainda não há tratamentos eficientes para esses distúrbios, que podem levar à completa cegueira causada pela perda de células fotorreceptoras na retina.

As células-tronco embrionárias têm o potencial de se tornar qualquer tipo de célula do corpo, mas o transplante é complicado por uma série de razões, como o risco de formação de tumor e de rejeição do sistema imunitário, segundo o professor Robert Lanza, da empresa norte-americana Advanced Cell Technology, que financiou o programa.

“Com isso, lugares que não produzem uma forte resposta imunitária, como o olho, se tornaram as primeiras partes do corpo humano a se beneficiar da tecnologia”, afirmou.

Segundo informações do jornal “El País”, o estudo se concentrou em regenerar células da retina, a parte interna do olho onde são projetadas as imagens.

Os pacientes sofriam de dois tipos de lesões que, ou por razões hereditárias (doença de Stargardt) ou por degeneração associada à idade (degeneração macular), estavam provocando a perda de células fundamentais para que o olho capte a luz, forme uma imagem e a envie ao cérebro na forma de impulso nervoso .

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave