Salão teve que fazer estoque

Sem água, o casal teve que demarcar todos os compromissos do dia, e calcula que o prejuízo do trabalho perdido girou em torno de R$ 1.500

iG Minas Gerais | Camila Bastos |

Prevenção. Salão no bairro Funcionários armazena água em um balde para evitar desabastecimento
Moisés Silva
Prevenção. Salão no bairro Funcionários armazena água em um balde para evitar desabastecimento

Depois de ficarem sem água durante dois dias de trabalho, no começo de outubro, um casal proprietário de um salão de beleza no bairro Funcionários, na região Centro-Sul de Belo Horizonte, decidiu utilizar um balde com capacidade para cerca de 100 litros para armazenar água e garantir que a falta de abastecimento não comprometa o trabalho do estabelecimento mais uma vez.  

Os dois, Aroldo Pereira de Jesus e Silva, 56, e Isis Mercês dos Reis e Silva, 53, contam que apelaram para a ajuda de vizinhos. Na primeira vez que faltou água, durante um sábado, eles conseguiram utilizar a água de um restaurante vizinho, e as atividades não foram prejudicadas. Porém, algumas semanas depois, o problema voltou a acontecer na parte da manhã de uma sexta-feira, dia mais movimentado da semana no salão.

Sem água, o casal teve que demarcar todos os compromissos do dia, e calcula que o prejuízo do trabalho perdido girou em torno de R$ 1.500. Para evitar a reprodução do mosquito da dengue, o recipiente fica tampado o dia inteiro.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave