Viagem de 26 anos ao redor do mundo termina de forma comovente

Gunther Holtorf passou três décadas viajando; maior parte do tempo foi compartilhada com Christine, mulher que conheceu após um anúncio; viagens só pararam após morte da esposa

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Os dois sempre quiseram se casar, mas nunca encontraram tempo.
Reprodução / Arquivo pessoal
Os dois sempre quiseram se casar, mas nunca encontraram tempo.

Gunther Holtorf viveu uma daquelas histórias que parecem de cinema: nos últimos 26 anos, ele esteve viajando pelo mundo com Christine, uma total estranha (que ele conheceu após um anúncio de jornal), que viria a tornar-se sua esposa. Ao todo, o casal percorreu 884 mil quilômetros, visitou 177 países e tirou uma imensidão de fotografias, feitas na velha câmera Leica de Gunther.

De acordo com a revista virtual Deutsche Welle, que deu destaque à história, Holtorf começou sua viagem em 1989, com sua esposa e Otto (nome que ele deu ao seu Mercedes G Wagon). Depois de alguns meses na África, sua mulher decidiu deixá-lo e voltar para casa. Gunther, então, colocou um anúncio na revista alemã Die Zeit. Foi aí que surgiu Christine, de 34 anos de idade: a moça se juntou a ele em sua viagem.

O que seria um passeio curto acabou ganhando outras proporções: foram 26 anos de uma extensa viagem ao redor do mundo. A história mudou o rumo há quatro anos, quando Christine faleceu após lutar contra um câncer. Mesmo viajando tanto tempo juntos, os dois só vieram a casar-se alguns meses antes dela morrer. Antes de ir embora, a mulher pediu a ele que continuasse a viagem, em sua memória - pedido que ele atendeu, por mais quatro anos.

Atualmente, Gunther está de volta a Berlim, após uma viagem de uma vida.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave