Belo Horizonte bate recorde de calor pelo segundo dia consecutivo

Temperatura mais alta do ano foi registrada às 13h, na região da Pampulha; até o dia 20, não há previsão de chuva

iG Minas Gerais | Bruna Carmona |

Analisar alguns dados da urina pode colaborar para identificar doenças
PEDRO SILVEIRA
Analisar alguns dados da urina pode colaborar para identificar doenças

Pelo segundo dia consecutivo, Belo Horizonte registrou um recorde de temperatura. De acordo com o meteorologista Dayan Diniz, do Centro de Climatologia TempoClima da PUC Minas, os termômetros marcaram 36,2º C na capital na região da Pampulha na tarde desta quarta-feira (15). Nessa terça (14), a máxima registrada foi de 36º C.

Às 13h, a umidade do ar chegou a 15% e, segundo o meteorologista, pode cair para índices próximos de 10% até o fim do dia. A Organização Mundial de Saúde (OMS) considera estado de alerta quando a umidade relativa do ar atinge níveis abaixo dos 20%.

Em Contagem, a temperatura chegou a 38º C, percentual que está acima da média histórica na região metropolitana, que é de 27,7º C.

Sem chuva

Até o dia 20, de acordo com Diniz, não há previsão de chuva para a capital. No entanto, a partir do dia 23, existe a tendência de declínio acentuado na temperatura na área central do Estado, o que indica que o fim do mês deve ter tempo mais agradável.

Leia tudo sobre: calorrecordetemperatura