Tempestade de neve mata ao menos 17 montanhistas no Himalaia nepalês

Outros 38 montanhistas que permaneciam presos no mesmo local foram resgatados por dois helicópteros militares

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

 Uma nevasca deixou ao menos 17 mortos entre montanhistas que faziam trekking na região do monte Annapurna, a décima montanha mais alta do mundo, no Himalaia do Nepal, informaram nesta quarta-feira (15) fontes oficiais. Outros 38 montanhistas que permaneciam presos no mesmo local foram resgatados por dois helicópteros militares.

Além disso, quatro canadenses e um indiano morreram na terça (14) enquanto caminhavam por uma trilha em uma área remota do distrito de Manang, disse o vice-inspetor de polícia Narayan Datta Chapagain, que relatou que seus corpos foram descobertos nesta quarta. Outros três canadenses e um nepalês do mesmo grupo foram resgatados em um helicóptero pelo Exército do Nepal.

A passagem do ciclone Hudhud pela Índia -onde deixou 24 mortos- causou chuvas e nevascas incomuns nos dois últimos dias no Nepal, que está em plena alta temporada de montanhismo no Himalaia.

Os acidentes mortais no Himalaia são relativamente comuns. Dois montanhistas, um alemão e outro italiano, morreram em setembro quando foram atingidos por uma avalanche enquanto participavam de uma expedição no monte Shishapangma (8.013 metros), a 14ª montanha mais alta do mundo, na Cordilheira do Himalaia.

O Nepal, um país pobre do Himalaia, tem oito das 14 maiores montanhas do mundo, com mais de 8.000 metros. Em abril, 12 sherpas nepaleses morreram e outros três ficaram gravemente feridos depois que foram arrastados por um desmoronamento quando se dirigiam a um dos acampamentos na base do monte Everest.

O acidente deixou em evidência os enormes riscos do trabalho dos guias sherpas, que transportam barracas, alimentos, consertam escadas e fixam as cordas para ajudar os alpinistas estrangeiros que pagam dezenas de milhares de dólares para chegar ao topo.

Em 1995, uma enorme avalanche no acampamento de um grupo nipônico, perto do Everest, deixou 42 mortos, incluindo 13 japoneses.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave