Marido traído assassina mulher e bebe soda cáustica para se matar

Dona de casa foi morta a golpes de faca e marreta; suspeito sobreviveu e está internado sob escolta policial

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Uma mulher de 44 anos foi assassinado pelo marido a golpes de faca e marreta, nessa terça-feira (14), em Crisólia, distrito de Ouro Fino, no Sul de Minas. O suspeito cometeu o crime após acreditar que estava sendo traído. Além de matar a dona de casa, o homem tentou suicídio tomando e injetando soda cáustica na veia.

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, vizinhos escutaram uma discussão na casa da família, localizada na rua Lázaro Bernardes dos Santos, e acionaram a corporação. Dentro do imóvel, policiais encontraram Eliane Lopes Pereira, de 36 anos, esfaqueada perto da entrada do banheiro. E la não apresentava mais sinais vitais.

Já o suspeito de 44 anos estava deitado no sofá com um corte na barriga e babando. Ele ainda conseguiu contar aos militares o que havia acontecido. Na versão dele, sua companheira estava mantendo um relacionamento extraconjugal. Com raiva, durante uma briga, ele a agrediu com faca e com uma marreta.

Após ver a mulher morta, ele ingeriu  e aplicou a soda cáustica, tomou veneno para ratos e outros produtos de limpeza. O criminoso foi socorrido e encaminhado ao Hospital de Pronto-Socorro de Ouro Fino, onde segue internado sob escolta policial.

Depois dos trabalhos da perícia, o corpo de Eliane foi encaminha ao Instituto Médico Legal (IML) de Pouso Alegre. Segundo a funerária contratada pela família, ainda não há informações do local de sepultamento. A reportagem de O TEMPO tentou contato com uma irmã da vítima, mas as ligações não foram atendidas.

Suspeito era tranquilo

Vizinhos informaram aos policiais que o homem tinha um comportamento tranquilo e um bom relacionamento com os moradores da região. Nessa terçã, após matar a mulher, ele teria começado a gritar a mãe e contar o que havia feito.

Após receber alta médica, o agressor deve ser encaminhado à delegacia do município para prestar esclarecimentos. 

Leia tudo sobre: ouro finopassionalsodamarido